domingo, 27 de setembro de 2009

Pai de santo que matou Pastor irá a juri popular


A Justiça de Venâncio Aires determinou que o pai de santo acusado do assassinato de um pastor enfrente júri popular.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Júlio César Bonato (foto), 40 anos, responde pela morte de Francisco de Paula Cunha de Miranda, 47, esfaqueado na noite de 20 de dezembro de 2008 na Rua Conde D’Eu, Bairro Aviação. A defesa do réu ainda pode recorrer da decisão e não está definida a data do julgamento.

Miranda era pastor da Igreja Ministério de Fogo para as Nações, fundada por ele próprio. O pastor foi assassinado nas proximidades do terreiro onde Bonato realizava uma sessão de Quimbanda. Conforme pessoas que assistiam ao ritual, Miranda teria se aproximado e gritado palavras contra os frequentadores, tais como “fora satanás”.

Em seguida, Bonato teria saído em direção ao pastor, mas nenhuma testemunha viu o que aconteceu depois. O pai de santo afirma não lembrar do que houve no período, pois estaria incorporado pela entidade Exu Caveira. Bonato responde em liberdade.

Fonte: Gazeta do Sul / Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.