domingo, 27 de setembro de 2009

Estudante furtou hóstias de igreja porque estava com fome, diz polícia



O responsável pelo furto das hóstias consagradas, de vinhos e de aparelhos de de uma igreja católica em Orlândia, a 365 quilômetros de São Paulo, foi um estudante de 21 anos. Ele agiu acompanhando de um primo adolescente de 15 anos, segundo afirmou a Polícia Civil.

De acordo com a polícia, o estudante disse que comeu as hóstias porque estava com fome. O padre esteve na delegacia e deu o perdão ao jovem. No entanto, ele será indicado por furto, e deve responder em liberdade. O primo de 15 anos vai responder por ato infracional.

O roubo indignou os fiéis, pois além do furto o suspeito escreveu a frase “Salve Lúcifer” na parede de uma sala anexa ao altar da igreja.

O furto foi registrado na noite do dia 16 de setembro, mas foi divulgado apenas na quarta-feira (23). O ladrão foi até a sacristia e furtou os vinhos do padre e as hóstias que estavam guardadas no armário. Em seguida, abriu a gaveta, e de dentro de uma bolsa, pegou a que guarda o compartimento onde ficam as hóstias consagradas. Para os católicos, elas são o corpo de Cristo.

Segundo o administrador diocesano de Franca, a 400 km de São Paulo, o furto das hóstias foi muito grave. “Para nós é o próprio corpo de Jesus, adquiriu um valor para nós incomensurável”, disse o padre Jamil Alves de Souza.

G1/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.