sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Cantora gospel Cassiane conta testemunho de sua vida



Quando eu tinha 11 meses de idade, eu tive uma enfermidade que os médicos não descobriam o que era. No 12º dia de febre constante minha mãe chegou na clínica, tinham muitas mães ali, e a médica não quis atendê-la, dizendo que não poderia atender por que não era a vez dela. Mas, depois de muita insistência e eu chorando, e de repente as mães perceberam que eu parei de chorar. Eu comecei só a gemer... e foram se passando aqueles minutos ali e as mães viraram para minha mãe e falaram assim o seu bebê está muito mal, não é? Minha mãe falou que sim, que já eram 12 dias que lutando, ninguém descobre o que têm, só passam remédios mas não falam o que realmente ela têm. E as mães resolveram interceder com a médica pela minha mãe. Então depois de muita insistência as mães começaram a ficar meio “estranhas” lá com aquela médica, a médica resolveu me atender. Minha mãe entrou dentro do consultório comigo no colo, minha mãe estava gestante, me colocou sobre uma maca. E aquela doutora, muito “estranha” abriu a manta, enfiou o dedo na minha barriga, ficou aquele buraco de tão inchado que eu tava por que já eram 12 dias com meu organismo totalmente parado, só inchando, inchando, inchando... e ficou aquele buraco do inchaço e de repente aquela mulher pegou o estetoscópio colocou no ouvido, puxou os meus olhos assim, colocou no meu coração virou para minha mãe e foi para sua mesa e disse assim você quer que eu examine o cadáver? Essa criança está morta. A minha mãe estava gestante levou um susto e começou a não se sentir bem e ela falou como morta? Eu cheguei com minha filha viva aqui!? - Não! Essa criança entrou aqui morta. Sentou em sua mesa, começou a escrever um atestado dizendo que tinha sido por negligência dos meus pais... meu pai e minha mãe não teriam me atendido a tempo e de repente a minha mãe teve uma breve discussão com aquela doutora e ela saiu de lá de dentro me tomou pelos braços e saiu daquele consultório, no corredor da clínica ela começou a passar mal, vieram outras enfermeiras atende-la e me deixaram num canto lá do corredor. Tinha uma jovem, o nome dela é Regina, até hoje ela congrega em uma de nossas igrejas, e aquela jovem virou para minha mãe falou assim: - Castalha, vamos embora daqui! Minha mãe falou: - Eu quero ir embora daqui! E começou a querer sair, só que os médicos, enfermeiros as enfermeiras atendendo minha mãe para que ela ficasse melhor, ela pediu para avisar a meu pai que eu havia morrido quinze para as duas da tarde. E ligaram lá da clínica para o meu pai pra que ele voltasse pra fazer meu enterro, quando minha mãe começou a se sentir melhor ela me tomou pelo braço e falou: - aqui eu não fico mais! Logo após correu e o pessoal não queria deixar minha mãe sair comigo no braço, ela conseguiu sair de dentro daquela clínica com aquela jovem do lado dela. E aquela jovem de repente pegou pelo braço da minha mãe e disse assim: - eu quero te levar pra casa da irmã Janete, vou te levar lá pra que ela ore pra confortar o teu coração e de repente quando minha mãe chegou na porta daquela irmã, aquela irmã olhou para minha mãe e disse assim: - Você quer matar seu bebê sem fôlego? Você não aprendeu, Castalha, ainda a cuidar de uma criança? E minha mãe virou pra ela falou: - Ah! Irmã Janete, a Cassiane morreu, eram quinze pras duas da tarde... e de repente aquela irmã olhou a hora e já passava das 5 da tarde e ela com a autoridade de Deus me tomou dos braços da minha mãe, disse assim pra minha mãe: - Minha filha, você esqueceu do Deus que nós servimos? O Deus que ressuscitou Lázaro depois de 4 dias? Por que se Ele quiser Ele age aqui e agora!? E de repente, Deus usou aquela irmã pra dizer o seguinte: - Minha serva! Cuida bem deste botão, por que ele não é mais teu, é meu! Estou devolvendo a vida a este botão. Cuida bem dele. Este botão em breve se transformará numa rosa, e esta rosa perfumará muitos jardins e onde ela não puder ir, Eu enviarei a voz dela!

Cassiane
Testemunho concedido a Igreja Santa de Jesus Cristo no culto de louvor a Deus em show na cidade de Arapiraca

FONTE: fasdecassiane.blogspot.com

Um comentário:

  1. oi cantora cassiane aqui quem fala e a brenda o eu gosto muito da senhora das cantora que eu gosto e a senhora mais vou fala sobe o seu testemuinho vc nasceu pra vence minha amada pq pode o inferno ser levanta contra a sua vida minha amada mais o deus que vc serve tem pode ti achuda queria pq vc e a meninas dos olhos dele filha deus queria que taraves desete testemuinho muitas alma va vim pra jesus
    nossa cassi eu gosto tanhato de vc que vc sobese pq um dia eu falei pra deus asim[ deus eu querio que vc e na minha vida pq atavez do meu louvor um dia eu vou conheser a cantora cassiane] e soisso que eu pidia pra deus pq hj e o ano de 2010 que deus ussou vassos dele e falou que este e o ano da vitoria mas eu to em paz pq o ano nao acabou um beijo no seu coracao que deus vem abessoua a sua vida cada dia e a sua familia linda que vc tem vc de qual que geito vc e linda vc e a cantora mais linda quantondo eu consesei ser umililha nois pes do senho foi atraves do seu louvor um dia espero ver vc minha linda gatinha fika com deus queria que vc e escolida dele pq ele te escolheou deis do ventre da sua mae que e linda que vc te teve pra quem puja se vc te converssa comigo pega o meu msn [ brendinha.44@hotmail.com ]vc me adissona gatona lina ty amo mesmo vuui!♥♥♥

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.