sábado, 8 de agosto de 2009

Satanismo: Após matar o pai, jovem afirma que ouvia a voz diabo

Uma mulher disse a uma corte de Sydney, na Austrália, que não reconheceu seu filho nem sua voz quando ele a atacou e a seu marido (que acabou morrendo), a punhaladas na residência da família, em Baulkham Hills.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

O adolescente, de 16 anos de idade, parecia perfeitamente normal quando foi acordado com um beijo, na manhã do dia 25 de março de 2008, para que tomasse o café da manhã, contou a mãe do jovem.

Mas ele subitamente mudou de comportamento depois de perguntar sobre o paradeiro de sua gata, contou a mulher, na Suprema Corte de Sydney, nesta terça-feira (4).

“Quando ele desceu para a sala, perguntou sobre Bella (a gata). Foi quando tudo mudou, já não era ele”, relatou a mãe. “A voz dele estava muito profunda. Isso me chocou porque estava muito rouca e abafada. Eu não entendi como uma voz tão terrível poderia sair da boca de meu filho. Suas feições estavam deformadas e não parecia ser seu rosto. Ele agia estranhamente, simplesmente não era ele”, contou.

A mulher disse à polícia que estava olhando pela janela em direção à gata quando viu seu filho vindo em sua direção com uma faca. “Ele ficou falando ‘vida após a morte’ e me atacou enquando eu gritava”, narrou.

O pai do jovem desceu correndo as escadas depois de ouvir os gritos da esposa, sendo atacado na porta da cozinha. Ele morreu depois de receber várias punhaladas, uma delas certeira no coração.

Agora, aos 18 anos, o rapaz se diz inocente das acusações de matar e ferir, alegando como motivo para o crime problemas mentais. Em sua mochila da escola e no quarto de dormir, a polícia encontrou vários desenhos, textos e livros de exercícios cheios de manuscritos com pensamentos satânicos e sobre vida após a morte.

O advogado de defesa, Andrew Haesler, disse que está convencido de que o jovem sofre de esquizofrenia. Exames psiquiátricos foram apresentados na Corte, segundo os quais o acusado sofreria de alucinações. Mas, segundo o rapaz, em pelo menos três ocasiões, ele teria ouvido o que julgou ser a voz do diabo.

Fonte: Unipress / Gospel+
Via: Arca Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.