segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Raul Seixas gravou música com o título “Gospel”


Não, Raul Seixas não converteu. Pelo menos até que se tenha notícia. Mas entre tantas letras mencionando Deus, Jesus Cristo, o fim do mundo (com um jeito um tanto irreverente), surge mais uma com o título “Gospel”, escondida por décadas.

No princípio, era uma voz. Meio desafinada, misturada a um violão numa gravação tosca. O ano: 1974. A canção de Raul Seixas e Paulo Coelho foi feita para a trilha sonora de uma novela global. Mas a censura da ditadura militar viu a letra e proibiu.

Mesmo assim, a música entrou na novela. Com os versos totalmente diferentes. A canção, chamada “Gospel”, cairia no esquecimento, se não fosse uma figura lendária da MPB: o produtor Marco Mazzola, que fez as gravações originais com Raul.

Os 20 anos da morte de Raul se aproximavam, Mazzola começou a preparar um kit comemorativo, e o projeto “Gospel” foi tomando forma.

“Transformei a voz e o violão dele em 20 canais pra poder pegar pedaços, tirar pedaços”, diz Mazzola.

Mas o tratamento técnico da gravação é só o início de um longo trabalho, porque a voz do Raul Seixas vem dos anos 70. Mas como dar nova vida a esta canção? Uma canção chamada Gospel é claro que tem que ter um coro. Olha só como é que fica. Faltava um arranjo bacana. E Mazzola chamou Roberto Frejat, do Barão Vermelho.

“Naquele momento ninguém falava as coisas, só Raul que falava”, afirma o cineasta Walter Carvalho.

Fonte: Globo Online / O Verbo (www.overbo.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.