sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Jovem cristão ameaçado por distribuir Bíblias


O incidente decorreu esta semana em Istambul. Aydyn, de 35 anos, estava a distribuir exemplares da Bíblia quando Karasu, de 24, o confrontou.

Os dois já se conheciam, mas isso não impediu Karasu de puxar de uma faca e encostá-la à garganta de Aydyn.

“Isto é a Turquia, e não podes distribuir Bíblias”, gritou o mais novo, antes de se lançar num chorrilho de insultos, incluindo “cão missionário”, “infiel” e “traidor”.

A certa altura Karasu pediu que alguém lhe arranjasse uma bandeira da Turquia. Incrivelmente, foram produzidas duas bandeiras quase instantaneamente. Karasu colocou a maior por cima da cabeça de Aydyn, dificultando-lhe a respiração, e colocou a segunda nas suas mãos, obrigando-o a abaná-la, enquanto gritava que essa bandeira tinha sido “lavada no sangue dos nossos antepassados”.

Segundo a Compass Direct News, que monitoriza situações de perseguição contra cristãos por todo o mundo, Aydyn ainda conseguiu argumentar com o seu atacante, dizendo que também ele amava a bandeira, que era tão turco como Karasu, com a diferença de ser cristão.

Nacionalista perdoado

A situação só melhorou quando apareceu a polícia. Os agentes convenceram Karasu a largar a faca dizendo-lhe que, se matasse Aydyn, o caso seria uma vergonha mundial para a Turquia.

Um membro da Aliança Protestante da Turquia desdramatizou o caso, dizendo que Karasu era apenas um jovem problemático à procura de atenção.

Aydyn optou por não fazer queixa contra Karasu e disse à imprensa que o tinha perdoado.

Contudo, a julgar pela história recente do país, Aydyn poderá ter tido muita sorte. Nos passados anos foram vários os cristãos assassinados na Turquia pela sua fé. O último caso aconteceu em Julho. A vítima era um católico alemão.

Fonte: Renascença

O VERBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.