sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Iluminação faz 'bater' coração de estátua do Cristo Redentor

Projeto homenageia Dia dos Pais. Governador, prefeito e arcebispo do Rio visitaram monumento.

http://g1.globo.com/Noticias/Rio/foto/0,,21608450-EX,00.jpg
A iluminação em homenagem ao Dia dos Pais foi a atração para milhões de pessoas que avistaram o na noite deste domingo (9). Com um azul no manto e um tom diferenciado no rosto, o monumento ganhou também um “coração” de luz. “A ideia era humanizar a estátua”, explicou o idealizador do projeto, Peter Gasper. A luz vermelha simulava batimentos cardíacos.
“É um que a cidade recebe”, disse o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, completando: “O dia dos pais é um dia que queremos pedir que os pais sejam abençoados, junto com a família”.

Cabral e Paes levaram os filhos
A festa incluiu a presença do governador do Rio, Sérgio Cabral, e do prefeito Eduardo Paes. Cabral lembrou a importância da paternidade. “Nada justifica o abandono de um filho”, declarou, depois de dizer que no há muitas mulheres que “são pai e mãe juntos.” “Se todo pai olhasse seu filho com atenção e carinho, posso garantir que o Brasil, o mundo, seria muito melhor.”, acrescentou.
Já Eduardo Paes lembrou que ele e Cabral são os responsáveis pelos cidadãos do Rio. “Cabral é o pai de todos fluminenses e cariocas. E eu sou o pai dos cariocas”. Os dois foram até os pés do Cristo Redentor acompanhados das famílias. “Hoje é um dia de lembrar as alegrias que a paternidade nos traz”, completou Paes.
E para a grande homenagem, foram usados oito canhões de luz, refletores e dezenas de lâmpadas. Quem se sentiu honrado com tanto foi o comerciante Francisco Alves, que levou a mulher e os filhos Francisco Alves Júnior, de 10 anos, e Lucas Souza, de 11, para conhecer a vista da cidade e a estátua do Cristo Redentor. “É muito bonito.”

Montagem em duas noites
Segundo Gabriel Maritato, um dos organizadores, foram necessárias duas noites para a montagem do aparato. Para se ter noção da grandiosidade do projeto, os canhões de luz usados eram do mesmo tipo dos utilizados na abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. E a noite linda e sem chuva coroou a homenagem - para a maioria. O idealizador Peter disse que não acharia ruim se chovesse durante neste domingo: “A luz aparece mais na chuva”, assumiu, orgulhoso do espetáculo que montou.

G1/NC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.