terça-feira, 11 de agosto de 2009

Cristokut, o “Orkut de Deus”, quer atrair jovens


Todo mundo já sabe que as redes sociais ganham cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo, mas alguém aí arriscaria responder quais as fronteiras deste avanço cibernético? Pois é, mais do que nunca, o céu é o limite!

Conheça agora o Cristokut (http://www.cristokut.com), site de relacionamento que imita o Orkut, principal rede social do País, com a diferença que este é fundamentado nos princípios cristãos. “Entendemos que Cristo e sua mensagem redentora não podem ficar de fora da rede mundial”, explica Maurício Jarbas Dias, sócio-fundador do Cristokut, que está no ar desde março de 2009.

Apesar de recente, segundo os sócios do Cristokut o número de adesões vem crescendo a cada dia e eles esperam ter 100 mim adeptos até o final do ano.

Dias garante que não há nenhuma igreja ou instituição religiosa envolvida no projeto. “Nosso objetivo é alcançar, sem distinção de igreja ou religião, os cristãos do Brasil e do Mundo”. Mas calma, se você não é exatamente o que se possa chamar de um cristão, o site recebe todo mundo de braços abertos, desde que os termos e condições propostos pelo Cristokut sejam aceitos, é claro. “Entendemos como princípios necessários aqueles relacionados à moral, aos bons costumes, à cordialidade e à manutenção da paz. Qualquer pessoa pode se cadastrar desde que tenha um perfil minimamente adequado”, explica.

Realmente, as mensagens trocadas entre os membros são recheadas de cuidados, formalismos e votos de boa ventura. Frases como “a paz do Senhor a todos” são recorrentes no começo e final dos diálogos e, quem não está habituado a esta linguagem cristã, pode estranhar um pouco o site no início.

Semelhanças e diferenças com o Orkut
Além dessa preocupação com os “princípios”, o Cristokut apresenta algumas diferenças mais claras e pontuais com sua fonte inspiradora, o Orkut. Imagens pornográficas ou que façam alusão a qualquer comportamento sexual são sumariamente vetadas. Toda e qualquer apologia às drogas também não terão espaço no site divino, e o usuário poderá mudar 100% do layout de seu perfil quando a versão 2.0 estiver em vigor. “A partir de agosto esta versão estará disponível para os usuários”, garante Maurício.

No mais, as principais ações do Orkut, como ter uma rede de amigos, criar e fazer parte de comunidades, mandar mensagens, postar vídeos e fotos, tudo isso é também possível no Cristokut. “Queremos atrair aqueles insatisfeitos com o Orkut, criando um novo ambiente onde cristãos e não cristãos possam se encontrar”.

Uma dessas pessoas é a estudante de direito Reyjane de Oliveira Muniz, 20 anos. Ela, católica, disse ter achado curioso um site com princípios cristãos que se pareça com o Orkut. “Achei legal, não é bagunçado. Parece ser mais sério. Estou aprendendo a mexer ainda, mas não pareceu difícil”, conta.

A direção do Cristokut diz que a imensa maioria de seus membros está na faixa dos 15 aos 25 anos, jovens familiarizados com as redes sociais que buscam nesse espaço uma maneira a mais de desenvolver e curtir sua religiosidade. Se você é um desses, será bem-vindo. E se não é, mas ficou curioso, fique tranqüilo porque ninguém vai pedir seu comprovante de batismo para acessar o site.

Fonte: Terra

O VERBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.