quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Brad Pitt: «A religião não faz sentido, o casamento gay sim»

Brad Pitt afirmou que é a favor do entre pessoas do mesmo , é contra a religião e é liberal em relação à marijuana. As declarações foram feitas no programa de Bill Maher, no canal HBO.
Quanto questionado pela importância da religião na sua vida, Pitt explicou que cresceu numa comunidade religiosa e que simplesmente não fazia sentido.
«Para mim, as coisas não funcionam dessa maneira. Nunca impedi ninguém de praticar a sua religião até começar a ver que isso se definia na política... como o casamento gay», disse o actor de «Inglourious Basterds». «Temos um grupo de pessoas a dizer aos outros como devem viver as suas vidas, e não pode ser», concluiu.
Para Brad Pitt, a oposição de grupos religiosos ao casamento homossexual não faz sentido: «Se vivêssemos numa nação de casais gays que dissessem que não se pode seguir determinada religião, eu seria contra e defenderia quem sofresse com isso.»
O actor ainda assumiu que consumia marijuana entes de ser pai. «Sou pai agora, tenho que estar alerta», afirmou Pitt, que se confessa «um artista» a enrolar.
Veja parte da entrevista de Brad Pitt:


IOL/NC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.