quarta-feira, 15 de julho de 2009

Traficante preso no Brasil é condenado à prisão perpétua nos EUA por assassinato

da Folha Online

Jesse James Hollywood, o traficante americano preso no Rio de Janeiro em 2005 e que inspirou o filme "Alpha Dog", foi condenado à prisão perpétua pelo mesmo júri que, na semana passada, o considerou culpado de sequestro e assassinato em primeiro grau.

Desta forma, ele escapou de uma possível pena de morte e execução por injeção letal, que poderia enfrentar por ter sido responsabilizado por um assassinato que envolveu uma arma de fogo.

O júri de Santa Bárbara, Califórnia, considerou que Hollywood, 29, ordenou a execução de Nicholas Markowitz, um adolescente de 15 anos da zona de West Hills, após ter planejado o sequestro do garoto.

A vítima foi sequestrada em 2000, levada a um local afastado em Santa Bárbara, atingida na cabeça com uma pá e enterrada após receber nove tiros.

Hollywood, que na época era traficante, decidiu sequestrar Markowitz para vingar uma dívida de US$ 1.200 contraída por Ben, meio-irmão do adolescente morto.

Os advogados de Hollywood disseram que Ben Markowtiz tinha ameaçado seu cliente de morte e envenenado seu cachorro antes de o condenado decidir sequestrar Nicholas.

Outras quatro pessoas já foram julgadas pelo crime e uma delas, Ryan Hoyt, que atirou na vítima, foi condenada à morte.

Após o assassinato, Hollywood fugiu, passando por várias cidades americanas, segundo seu relato, até chegar a Saquarema, no Rio de Janeiro, onde viveu ilegalmente durante alguns anos até ser preso em 2005.

O advogado de defesa aceitou em sua argumentação inicial a responsabilidade do cliente no sequestro de Markowitz, mas negou que tivesse participado do crime posterior e rejeitou que o perfil de Hollywood coincidisse com o de uma pessoa manipuladora que agisse a sangue frio.

Os representantes do traficante explicaram que o crime foi cometido independentemente por amigos de Hollywood que queriam ganhar sua admiração.

O crime ganhou fama no momento em que aconteceu e deu origem ao filme "Alpha Dog" (2006), dirigido por Nick Cassavetes e protagonizado por Emile Hirsch e Justin Timberlake.

O promotor do caso chegou a ser afastado por ter fornecido documentos do processo para o direto do filme, mas a Justiça determinou seu retorno posteriormente, embora a acusação tenha sido feita por outro promotor durante o julgamento da última semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.