quarta-feira, 22 de julho de 2009

Sucuri de 6 metros engole capivara e vira atração no Mato Grosso do Sul


CAMPO GRANDE - Uma sucuri, com aproximadamente seis metros de comprimento, virou uma 'atração turística' na granja Monte Azul, na zona rural de São Gabriel do Oeste, município que fica a 133 quilômetros de Campo Grande, na região norte de Mato Grosso do Sul. A cobra foi encontrada na manhã desta terça-feira por funcionários da granja na margem de um lago que fica dentro da propriedade, logo após ter devorado uma capivara, que deve demorar entre dois meses e meio a três meses para ser digerida.

Como tem menos mobilidade durante o período de digestão e passa muito tempo descansando ao sol, o animal, nessa situação bizarra, virou atração para os moradores da cidade e da região, que vão até o local para vê-lo.

Segundo o gerente da granja, Sebastião José Vaz, como o lago é o habitat do animal, a cobra não será importunada.

- Tem mais sucuris ali, não iremos matar a cobra. Ela ficará ali, que já é o habitat dela - disse ele ao site Idest, de São Gabriel do Oeste.

A sucuri é a maior cobra da fauna brasileira, relatos descrevem medidas de até 11,5 m de comprimento mas, a maioria dos animais desta espécie chega até a nove metros e não é peçonhenta. Originária do Pantanal, a sucuri vive ainda nas regiões tropicais da América do Sul, no leste dos Andes, principalmente na bacia Amazônica e nas Guianas. Na natureza são cobras que vivem em ambientes semi-aquáticos e pode ser encontrada nos grandes rios.

Também conhecida como Anaconda, ela é carnívora e se alimenta de mamíferos como capivaras, veados, cutias, podendo até matar um jacaré por falta de ar. Quando apanha a presa tenta levá-la para água e matá-la por afogamento. Quando sofrem um ataque e não podem fugir nadando, mordem para se defender. Sua mordida não é venenosa, mas pode causar infecções.

São animais de hábitos solitários, agressivos e difíceis de se observar, pois é uma característica dessa espécie permanecer parcialmente escondido na água, o que dificulta precisar e documentar uma exemplar maior que o recorde atual. Geralmente pesa cerca de 30kg a 90kg. As sucuris têm um corpo verde-escuro, com manchas ovais pretas, olhos e narinas.

O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.