sábado, 25 de julho de 2009

Serviço envia preces ao Muro das Lamentações pelo Twitter


A antiga tradição judaica de depositar pequenos bilhetes com orações nas frestas do Muro das Lamentações, em Jerusalém, pode ser praticada agora com a ajuda da internet e do site Twitter.

Um serviço, inaugurado há pouco mais de três semanas, convida os usuários a enviarem suas preces para uma conta do site Twitter chamada The Kotel (”O Kotel”, como o Muro das Lamentações é conhecido entre os judeus).

Depois disso, os organizadores prometem imprimir os pedidos em pequenas notas, que serão colocadas manualmente em frestas do Muro, considerado um local sagrado pelos judeus.

O serviço é gratuito e pode ser utilizado por adeptos de qualquer religião. Segundo seu fundador, Alon Nil, as notas com as orações dos internautas serão depositadas por voluntários no Muro.

Caso o fiel decida fazer um pedido que exceda os 140 caracteres permitidos no Twitter, as orações também podem ser enviadas por e-mail.

Mensagens

O sucesso do serviço –que tem mais de 1,2 mil seguidores no Twitter surpreendeu seu fundador, Alon Nil, que tem encontrado dificuldades em responder à demanda de pedidos.

Na noite da última quinta-feira, ele escreveu que tinha mais de mil mensagens não lidas no Twitter e pediu paciência aos usuários.

“Por favor, lembrem-se que sou apenas um homem operando as atividades on-line. Farei tudo que puder para não perder nenhuma oração. Paciência”, escreveu Nil.

Apesar do sucesso, a página de internet do serviço alerta os usuários de que não há garantias de que suas orações serão atendidas.

Fonte: Folha Online / BBC Brasil

O VERBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.