quinta-feira, 23 de julho de 2009

Religioso aponta desconhecimento da Bíblia como causa da violência

Lubango - O secretário executivo da Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no mundo (tocoísta) na província da Huíla, José Malungo, afirmou hoje, quinta-feira, na cidade do Lubango, que "o desconhecimento da palavra de Deus" tem contribuído em grande escala para o aumento de casos de violência doméstica no país.
Falando à Angop, o pastor lembrou que os actos de violência registam-se desde os tempos remotos, mas têm vindo a multiplicar-se nos últimos anos, "porque as pessoas perderam os valores morais e cívicos, bem como o amor ao próximo".
"A igreja tem princípios próprios para educar o homem. Só ela tem o poder de cultivar e resgatar os valores morais, a fim de construir-se uma sociedade sã e feliz", expressou.
José Malungo lamentou o facto de os jovens não frequentarem actualmente a igreja, "tendo como preferência os caminhos da perdição, as ruas, casas nocturnas, uso de drogas, alcoólicas, prostituição entre outros males".
"Nós temos estado a trabalhar muito na área de sensibilização da população, passando de reconciliação, pacificação dos espíritos e confiança, na esperança de que um dia tudo irá mudar. Para tal, é necessário que enchamos os nossos corações de amor, pois o amor sempre vence o mal", referiu.
Apelou a sociedade a criar o hábito de frequentar a igreja, no sentido de praticarem boas obras, de acordo com os preceitos plasmados na Bíblia Sagrada.

FONTE: Angopress/NC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.