segunda-feira, 20 de julho de 2009

Perseguição aos cristãos: atentado contra Igreja na Espanha quase causa tragédia

No teto da nova Igreja de Santa Genoveva, na cidade espanhola de Majadahonda, situada na área metropolitana da capital Madri, no domingo próximo passado, desconhecidos colocaram sete artefatos incendiários, que não causaram uma tragédia por terem sido percebidos a pelo pároco.
Um forte odor de gasolina percebido pelo padre David Benítez Alonso após a celebração da missa das 11:30 da manhã evitou uma tragédia. Abaixo, parte de seu relato:

Graças a Deus, nada aconteceu. Mas o fato é que foram colocados na Igreja sete artefatos incendiários de fabricação caseira com o propósito de queimar o templo, ou parte dele, pelo menos. O Senhor, a Virgem e Santa Genoveva não o consentiram, mas o fato é que esses artefatos estavam ali. É triste ver e perceber tal fato em nossos dias.

Na missa seguinte, às 13 horas, celebrou-se uma missa “emocionante”, segundo o relato do pároco, “pedindo também a todos os que não nos querem bem quando tivemos que deixar a do Senhor por motivos de segurança”. E acrescentou:

Quero dar graças a todos pelo apoio, aqui é onde uma pessoa comprova que a Igreja de Santa Genoveva é de todos e somos todos. E quero encorajá-los a continuarem fazendo parte da mesma, sem nenhum tipo de medo. Que ninguém se sinta intimidado, porque o triunfo deve ser de Cristo e não dos violentos. Nunca em Majadahonda havia acontecido isso, alguma coisa boa estamos fazendo quando outras pessoas não sabem expressar seu mal-estar a não ser intimidando.

Trata-se de uma aventura mais a contar, porque graças a Deus e a Santa Genoveva nada aconteceu, não poderia acontecer e não vai acontecer com essa proteção. Embora o mal não descanse, nós seguimos adiante, fiéis a Jesus Cristo. Ladram, visto que cavalgamos.

FONTE: Jornada Cristã/NC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.