segunda-feira, 20 de julho de 2009

Justiça ouve acusados de esquartejar menina em Uberlândia

Começam a ser ouvidos nesta quinta-feira os acusados e testemunhas da morte de uma adolescente de 12 anos, no início de maio, em Uberlândia, em um caso que teria ligação com magia negra. O corpo de Dyenifer Aparecida dos Santos foi encontrado esquartejado em pontos diferentes da cidade.
A imprensa não pôde acompanhar o audiência. Em depoimento à polícia civil, a principal suspeita disse que o crime aconteceu durante um ritual satânico realizado pelo sogro, de 45 anos, em favor do filho dele, que está preso. E confirmou a participação da cunhada.
Os advogados de defesa vão enviar as alegações finais para, depois, a Justiça decidir se os suspeitos serão levados a júri popular.
O filho da vizinha de Dyenifer, de 15 anos, que também teria participado do crime responde a um processo separado na Vara da Infância e Juventude.

FONTE: Uai/NC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.