quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Prince é contra casamento gay: "Não está certo"

Prince é contra casamento gay: "Não está certo" - O norte-americano Prince, testemunha de Jeová, disse em entrevista à revista New Yorker que é contra o casamento gay. O músico disse que "não está certo" e dando argumentos religiosos para se justificar: "Deus veio à terra e viu as pessoas a enfiá-lo em todo o lado e fazendo-o com o que quer que fosse, e pôs tudo em pratos limpos. Disse: 'já chega'".
O músico confessa andar de porta em porta a divulgar a mensagem de Deus: "Às vezes as pessoas ficam surpreendidas, mas a maioria fica à vontade com a situação". De seguida, Prince cruza para a política: "Tens os republicanos, e basicamente eles querem viver segundo a Bíblia. Mas há um problemas de interpretação. Na ponta oposta tens os democratas eles dizem que podes fazer o que quiseres. Casamento gay, seja o que for. Mas nenhum deles está certo".
Recorde-se que estas declarações foram proferidas pelo músico que escreveu no passado canções hedonistas, como "Sexy Mother Fucker" ou "Orgasm" (do álbum Come ) e se veste de forma pouco convencional. Entre outras celebridades, Slash (Velvet Revolver e ex-Guns N' Roses) já veio a público defender a legalização do casamento gay nos Estados Unidos.

Blitz

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Prince vira beato e prega a Bíblia de porta em porta. em Los Angeles


Se você pretende se mudar para Los Angeles, terá uma grande possibilidade de ver Prince batendo em sua porta.
O cantor revelou que costuma bater, de porta em porta, para levar os ensinamentos bíblicos até as pessoas.

Prince, que se converteu à religião das Testemunhas de Jeová há dois anos, disse ao New Yorker que vai sempre aos cultos e costuma visitar casas de desconhecidos, para levar a palavra divina a seus moradores.
“Às vezes, as pessoas ficam surpresas. Mas, na maior parte das vezes, são totalmente cool sobre isso”.
Prince descreveu sua conversão como uma revelação igual à de Morfeus e Neo, em Matrix.
Recentemente, o cantor revelou que não apresentará mais suas danças sensuais no palco, para não ofender seus fãs, e disse que sua religião pesou muito nessa decisão.

Fuxico

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Igreja Mundial inaugura estúdio com réplica de montanha


A Igreja Mundial do Poder de Deus, que agora comanda a Rede 21, canal transmitido em UHF em parceria com a Band, acaba de inaugurar a Cidade Mundial - A Mão de Deus Está Aqui, um complexo de estúdios de 400 metros quadrados.

De acordo com comunicado assinado pelo pastor Ronaldo Didini, o gestor do canal, trata-se do “maior estúdio para pregação do evangelho na América do Sul”.

O espaço compreende diferentes cenários para gravações, como uma bancada, uma área mais informal com cadeiras para apresentador e convidados, painéis com o logotipo da igreja e imagens de animais, além da réplica de uma montanha.

A Rede 21, que entrou no ar no lugar da Play TV, antes Canal 21, é resultado de um contrato entre a Band e a Igreja Mundial do Poder de Deus. Na época em que o negócio foi acertado, não foram divulgados valores do contrato ou mais detalhes sobre a parceria.

Igreja Mundial

A Igreja Mundial foi fundada em 1998 por Valdemiro Santiago, intitulado apóstolo. Conhecido por sua oratória incisiva, Santiago foi bispo da Igreja Universal. Tornou-se dissidente em 1997, por discordar de preceitos de Edir Macedo.

Didini deixou a Universal no final dos 90 e migrou para a Assembléia de Deus, braço pentecostal com o qual mantém amizade até hoje. O pastor também deixou a Universal de forma pacífica: Edir Macedo lhe deu uma espécie de “certidão” na qual atesta por escrito que, enquanto pertenceu à igreja, Didini “foi um homem de Deus”.

Em 1999 ele virou missionário da Igreja Internacional, de R.R.Soares (cunhado de Edir Macedo), para quem montou sedes em Portugal, Reino Unido e Holanda, entre outros países.

(Fonte: Folha Online)

FONTE: www.overbo.com.br

Guru de famosos na ioga é investigado pela polícia de São Paulo


Cristóvão de Oliveira vai a delegacia esclarecer internação de 18 pessoas que praticam a ioga.

O famoso guru pop dos descolados, Cristóvão de Oliveira, de 43 anos, teve de ir na quarta-feira, 19, à Delegacia de Mairiporã, na Grande São Paulo, prestar esclarecimentos sobre uma prática, por ele orientada, que teria provocado a hospitalização de 18 pessoas, no início deste mês. Dono do Centro Vidya, com três unidades na cidade, Cristóvão ganhou fama por atrair alunos de peso, caso do empresário Pedro Paulo Diniz e das atrizes Fernanda Torres e Fernanda Lima, que chegou a gravar um DVD em parceria com o mestre.

A confusão começou na madrugada do dia 1º deste mês, quando um funcionário do Hospital e Maternidade Emed, em Caieiras, na Grande São Paulo, entrou em contato com a Delegacia de Mairiporã. O motivo: 15 pessoas deram entrada no hospital com diarréia, cólicas, desidratação e confusão mental, entre outros sintomas. Algumas horas depois, chegaram mais três vítimas. Todas eram egressas do ashram do Centro Vidya, na Serra da Cantareira, quase limite com o município de Mairiporã.

Na Índia antiga, os ashrams eram abrigos para eremitas; aqui, são locais afastados do centro para a prática de ioga. “Um dos médicos falou que os pacientes teriam ingerido cerca de 40 litros de água misturada com chá de sene”, diz o delegado Diego Castanheira Resende, da Delegacia de Mairiporã. “Na hora, achei que era mais um caso de Santo Daime. Depois que uma aluna apresentou-se aqui, pensei que pertencessem a uma seita. Ela disse ser advogada e defendia seu mestre com um fanatismo impressionante.”

O delegado abriu um inquérito de tráfico de drogas. O chá de sene, com poder laxativo e vendido em casas de produtos naturais, foi mais tarde recolhido e enviado para análise no Instituto Adolfo Lutz. O resultado ainda não ficou pronto.

Na quarta, durante depoimento, Cristóvão não falou sobre o retiro, divulgado em outubro em flyer e no site da escola, com duração prevista de um mês. Disse apenas que uns amigos resolveram passar o fim de semana em sua casa, na Serra da Cantareira - ele mora no ashram com a família. Explicou que, naquele dia, ingeriram uma quantidade de água - mas não se recordava quanto -, misturada com uma colher de chá de sene, e intercalaram com massagens abdominais, para auxiliar a limpeza gastrointestinal. Depois de 15 ou 20 minutos, segundo seu depoimento, as pessoas começaram a passar mal.

Risco de vida

“Eles não tomaram veneno ou droga”, aposta Arnaldo Lichtenstein, clínico-geral do Hospital das Clínicas. “Se a informação dos 40 litros for verdadeira, eles beberam água em excesso, o que não é menos grave, pois pode causar lesões cerebrais irreversíveis, levando até à morte.”

O médico explica que é um problema químico. O recomendável é tomar 2 litros de água por dia. Em quantidade muito acima do normal, o líquido dilui o sódio que existe no corpo. “A baixa concentração de sódio provoca convulsões e mesmo desidratação. O paciente vai para a UTI, porque a correção desse desequilíbrio é muito delicada, não é feita de uma vez só”, diz Lichtenstein.

Instrutor de ioga, Minoro Wagner, de 23 anos, que também foi internado no Emed, explica que a idéia era fazer um cria, nome dado pelos hindus às limpezas do corpo. “Não foi nada de mais. Você toma água e ao mesmo tempo ajuda sua eliminação, induzindo o vômito e tomando chá de sene, que provoca diarréia.” Wagner não disse quanto bebeu. “Meu emprego está em jogo e o relacionamento com minha família também.”

A mãe de Wagner, Marta, soube que o filho fora hospitalizado três dias depois, por intermédio da irmã, praticante de ioga de uma escola liderada por Mário Reinert, um instrutor dissidente do Centro Vidya. “A escola deveria ter avisado.”

Um dos iogues, Badu Nogueira, de 27 anos, chegou a ter convulsões. Atendido no Hospital Municipal de Mairiporã, os médicos precisaram entubá-lo para que conseguisse respirar. Depois, foi encaminhado ao Hospital de Franco da Rocha para tomografia e então transferido para a UTI do Emed. Segundo relatório da médica Isabela Lopes, que o atendeu no Emed, Nogueira chegou confuso, agressivo e com síncopes.

Lá, ainda teve de ser atendido por um buco-maxilo-facial. “Sua mandíbula estava fora do lugar”, diz um dos familiares do rapaz, que prefere não se identificar. Cinco dias depois, Nogueira teve alta e voltou ao retiro.

“Ele está morando com a gente”, explica Adriana Patias, mulher de Cristóvão. “Aqui é minha casa. E nós o adotamos”, diz ela. “Todos que fizeram a prática estão bem e voltaram para cá.” Cristóvão foi procurado pelo Estado, mas não atendeu a reportagem.

Indignados, os pais resolveram recorrer à Justiça. “Vamos pedir abertura de inquérito por curandeirismo e prática ilegal da medicina”, diz Ismar Marcílio de Freitas Júnior, advogado representante dos familiares, que passou a última semana recolhendo nomes e RGs de pessoas que poderiam testemunhar sobre outras irregularidades. As denúncias devem ser incluídas no inquérito que já corre em Mairiporã.

Conseqüência

“O incidente só prova que essas clínicas de ioga precisam ser melhor fiscalizadas pelos órgãos da saúde”, diz o criminalista Tales Castelo Branco. “Cristóvão é responsável pelos alunos.” Deveria, segundo o advogado, ter feito a limpeza na presença de um médico ou enfermeiro formado.

“Trata-se de um crime de culpa consciente, onde o réu teria o dever de prever o resultado de sua ação.” A pena vai de 3 meses a 1 ano de prisão. Como ele é réu primário, deve, se condenado, pagar com penas alternativas.

(Fonte: Estadão)

FONTE: www.overbo.com.br

Decisão judicial proíbe Folha Universal de veicular imagem de Xuxa


A juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, proibiu o jornal Folha Universal, da Igreja Universal do Reino de Deus, de veicular imagens de Xuxa, apresentadora da Rede Globo, em suas edições.

Seu advogado, Maurício Lopes, ajuizou uma ação de indenização por danos morais contra o jornal por conta da edição de número 855 (de 24 a 30 de agosto de 2008), que afirma que a apresentadora “teria vendido sua alma ao diabo por US$ 100 milhões”.

As fotos de Xuxa publicadas na Folha Universal - que aparecem com a legenda “meu rei Exux…”, teriam sido usadas de forma não autorizada. A tutela antecipada proibindo referências à apresentadora foi deferida pela juíza na última segunda-feira (17).

Na decisão, ela afirmou que “a imagem da autora foi usada e associada à figura do demônio. Tal vinculação é ofensiva, apelativa e desonrosa a qualquer pessoa”. Segundo a magistrada, o direito à imagem está previsto no artigo 5º, inciso 10º da Constituição Federal e no artigo 20 do Código Civil, “vinculando-se estreitamente com a dignidade da pessoa humana”.

A Folha Universal terá que pagar multa diária de R$ 500 caso descumpra a decisão judicial. O valor da indenização por danos morais ainda não foi fixado. De acordo com o jornal O Globo, o advogado de Xuxa declarou que “a ação ainda está no início de curso e que só se pronunciará, tanto ele quanto a apresentadora, quando houver uma sentença”.

(Fonte: Portal da Imprensa)

FONTE: www.overbo.com.br

Com prisão decretada, músico diz que mulher pulou pela janela


SÃO PAULO - O jornal “Diário de S.Paulo” conversou na manhã desta quarta-feira com o músico e cantor Evandro Gomes Correia, de 35 anos, por telefone. Com prisão temporária decretada pela Justiça, ele negou ser responsável pela morte da ex-mulher e da queda do seu filho de 6 anos. Admitiu que os dois brigaram antes da queda, mas diz que foi a mulher que pegou uma faca e cortou a mangueira de gás. Disse que fugiu porque ficou “desesperado e com medo”.

Você jogou a sua mulher e o seu filho pela janela do apartamento?
De jeito nenhum.

O que aconteceu para ela cair?
Ela pulou, eu estava na cozinha fechando o registro do gás, porque ela tinha cortado a mangueira com uma faca. Quando eu voltei para a sala, só vi os pés dela saindo pela janela do quarto.

E o seu filho?
Eu não vi.

Os vizinhos ouviram uma discussão no apartamento momento antes da queda do seu filho e da sua ex-mulher. Vocês estavam brigando?
A gente estava discutindo. Até houve um empurra-empurra entre nós. Ela pegou uma faca e cortou a mangueira do gás. Tomei a faca dela e a empurrei.

Por que vocês brigavam?
Era coisa de grana. Ela falou que estava cansada de brigar por falta de dinheiro.

O seu filho viu a briga?
Ele estava no banheiro. Depois ele viu um pouco sim.

Os familiares dela disseram que você era violento?
Eu já fui um pouquinho.

Por que você fugiu?
Fiquei desesperado e com medo, sei que fiz errado em sair do local.

Você vai se entregar?
Meu advogado que está vendo isso. Mas com certeza eu vou me apresentar.

Onde você está?
Estou na Praia Grande, na casa de amigos.

Evandro já sentiu o gosto da fama ao participar do Programa Raul Gil em 2003. Mesmo não sendo o ganhador de um concurso de calouros, conseguiu um contrato para a gravação do CD “Fica Comigo”, lançado naquele mesmo ano. Ele costumava se apresentar com seu “pagode romântico” em bares e em cultos evangélicos. Foi num desses cultos que conheceu Andréia.

O lado romântico de Evandro desapareceu com o passar dos meses, dando lugar à agressividade, segundo parentes de Andréia.

- Eles se separaram porque o Evandro era muito agressivo - comentou Daiane Cristina Nascimento, irmã de Andréia.

Mesmo separado desde o nascimento do filho, o músico não permitia que Andréia se relacionasse com outros homens.

- Ele sempre ameaçava minha irmã. Dizia que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém. Agora ela morreu. Ele não pensou nem no filho, que agora vai ficar sem a mãe. E sem o pai, que é um monstro - desabafou Daiane.

(Fonte: O Globo Online)

FONTE: www.overbo.com.br

Dr. Zenóbio Fonseca: Sodoma e Gomorra é aqui?

(Por Dr. Zenóbio Fonseca) - Igrejas e entidades cristãs do Rio de Janeiro poderão ser fechadas por intolerância religiosa.

Costuma-se dizer que a cidade do Rio de Janeiro é a capital cultural do Brasil, pois daqui partem várias influências culturais e legislativas para o restante do Brasil, em razão da diversidades de pessoas e idéias neste centro cultual e político.

Seguindo nessa linha de pensamento vemos mais uma vez a cidade do Rio de Janeiro, comandada pelo prefeito Cesar Maia (antigo PFL — hoje DEM), na vanguarda de políticas de incentivo aos chamados “direitos” homossexuais, porque foi ele que sancionou a Lei Municipal nº Lei n.º 2.475, de 12 de setembro de 1996, que determina medidas repressivas a quem praticar discriminação contra a orientação sexual e a Lei nº 4.774, de 29 de janeiro de 2008, que estabelece medidas repressivas destinadas ao combate de toda e qualquer forma de discriminação por orientação sexual na cidade.

Embora não possamos discutir neste momento os aspectos jurídicos e sua abrangência normativa na sociedade, precisamos pelo menos divulgar e alertar acerca da entrada em vigor desta legislação absurda e inconstitucional, que carrega a aparente capa de proteção para determinado segmento social em detrimento a valores e princípios jurídicos da Constituição, assim como valores de todas as religiões, em especial a cristã.

Não satisfeito em sua atuação política na causa homossexual, agora no final de seu mandato como prefeito da cidade do Rio de Janeiro, César Maia avança na criação de normas concretas e regulamenta ambas as leis no dia 10/11/2008, através do Decreto Municipal nº 30033/2008, ou seja, tornando efetivo o cumprimento da legislação no âmbito da administração pública local, aparelhando o poder estatal de instrumentos e ferramentas de controle em favor dos grupos homossexuais.

A legislação editada pelo prefeito César Maia é de grande violência contra a sociedade em geral, pois ela agride diretamente princípios fundamentais da democracia: O direito de livre manifestação de pensamento (art. 3º, inc. IV da CF), o direito constitucional de liberdade de consciência, de crença, livre exercício de dos cultos religiosos e suas liturgias (art. 5º, inc. VI da CF); o direito de livre expressão de atividade intelectual, científica, de comunicação (art. 5º inc. IX da CF); livre funcionamento dos cultos religiosos (art. 19, inc. I, parte, da CF).

A postura política partidária do prefeito na causa LGBTTS não é novidade no cenário nacional, pois o seu filho Rodrigo Maia (que era então deputado federal e hoje é presidente nacional do DEM — antigo PFL) articulou na Câmara dos Deputados a aprovação do PLC 122/06 (antigo PL 5003/2001 — chamada lei de criminalização da homofobia) e sua atuação foi decisiva para que o projeto fosse aprovado na surdina numa quinta-feira com poucos deputados presentes no plenário.

Desta forma temos em vigor um Decreto Municipal que transcreve quase que na íntegra o PLC 122/06, definindo a orientação sexual como um direito humano inerente à condição humana. As pessoas físicas ou jurídicas que violarem esse “direito” poderão sofrer as seguintes medidas administrativas repressivas:

— Qualquer discordância da orientação sexual em que um homossexual se sinta constrangido (conduta totalmente subjetiva e variável de pessoa a pessoa) será considerada discriminação por orientação sexual (conceito do art. 1º, parágrafo único, inciso II) com medidas repressivas diretas.

— Lojas de produtos cristãos poderão ter seus livros e vídeos que apresentem temas contrários aos valores gays apreendidos. Livros que falam de testemunhos pessoais de mudança de comportamento da homossexualidade podem ser taxados de discriminatórios.

— As entidades privadas que de alguma forma forem contrárias à orientação sexual de um indivíduo poderão sofrer multa de R$ 2.290,00, suspensão do funcionamento parcial por 30 dias ou total com a cassação de alvará de funcionamento.

O decreto não apresenta exceção em questões religiosas ou de entidades religiosas e suas liturgias e dogmas internos.

A Secretaria Municipal de Assistência através de um Comitê de Garantias e Direitos receberá denúncias via correio eletrônico, com garantia do sigilo e encaminhamento ao setor de fiscalização e licenciamento do município.

Enfim, o município do Rio de Janeiro avança a passos largos para fortalecer a ideologia homossexual — de braços dados com o governo estadual atual — e, por conseqüência, dar mais força para aprovação do PLC 122/06, que está em tramitação no Senado Federal e sob fortes pressões da mídia, enquanto alguns parlamentares evangélicos tentam aprovar emendas para que o projeto volte para a Câmara dos Deputados, com a desculpa de que ali podem derrubá-lo ou abrandá-lo.

Tal estratégia é ilógica, pois o PLC 122 foi aprovado na Câmara dos Deputados justamente quando havia uma bancada evangélica muito mais forte. Hoje a bancada pró-homossexualismo na Câmara, e a própria influência do governo federal, é maior. Por isso, essa estratégia tem pouquíssima probabilidade de gerar resultados positivos.

O caminho adequado é lutar para que o PLC 122/06 seja definitivamente arquivado nas comissões internas do Senado Federal, através de pareceres contrários e grande mobilização da população, pressionando os senadores em suas bases políticas.

Enquanto este embate não acontece em Brasília, estamos vendo o crescimento da aprovação de leis e decretos iguais ao PLC 122/06 em diversos Estados e municípios do Brasil.

Adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: Blog Zenóbio Fonseca

FONTE: www.overbo.com.br

Lançamento: filme cristão O Peregrino chega às locadoras


O filme “O Peregrino - Uma Jornada Para o Céu” é uma adaptação moderna do maravilhoso e clássico livro de John Bunyan. É provavelmente a história de fantasia mais conhecida de todos os tempos! O clássico foi considerado uma obra prima ao redor do mundo, foi publicado em mais de 100 línguas e é o livro mais lido do mundo depois da Bíblia.

Com incríveis efeitos especiais, belíssimos cenários e um elenco maravilhoso, essa nova adaptação traz vida à história que inspirou cada geração por centenas de anos. Christian e seus companheiros seguem numa grande jornada da Cidade da Destruição para os portões do céu enquanto eles encaram grandes e pequenos obstáculos feitos por homens e demônios.

Além do fascinante drama, a magnífica fábula de Bunyan, nos ensina sobre a fé e esperança presente na vida cristã, e mostra a triunfante glória que espera a todos os que seguem com fidelidade o Rei dos reis…

Assista o trailer (em inglês):


FONTE: www.overbo.com.br

Mãe mata filho de 19 anos em ritual de magia negra em SP

Antes de cometer crime, ela chamou vizinhos para orar e pisoteou a Bíblia.
PMs invadiram apartamento e viram rapaz com 15 facadas no colo da mãe.
Uma encarregada de setor de 43 anos foi presa em flagrante por matar com 15 facadas o filho, um estudante de 19 anos. O crime aconteceu na tarde de terça (18) no apartamento onde moravam, na Avenida Jaguaré, no bairro do Jaguaré, zona Oeste de São Paulo. Ela estava em crise psicótica e pertencia a comunidades religiosas não convencionais da Internet.
Segundo o boletim de ocorrência, vizinhos disseram que, desde o começo da tarde, a encarregada Maria Lúcia Rufino, 43, chamava todos para 'orar'.
Ela falava sobre demônios e assuntos satânicos. Segundo vizinhos, em determinado momento, ela pisoteou um exemplar da Bíblia Sagrada[bb]. Devido ao estado da mulher, eles chamaram uma ambulância do SAMU, que não compareceu no local.
Logo em seguida, os vizinhos tentaram acalmá-la. A mulher, aparentemente em transe, dizia que o filho, o estudante Leonardo Macedo Gadducci, 19, tinha que ser morto por um 'bem maior'. Assustados, eles chamaram a polícia. Quando os PMs chegaram no local a porta do apartamento estava trancada.
Os policiais tocaram a campainha, interfonaram e bateram na porta sem sucesso. Passados trinta minutos um grito veio do local. A porta do apartamento foi arrombada. A mulher estava com o filho no colo e esfaqueava a vítima. Ele foi golpeado, pelo menos 15 vezes no pescoço e tórax. Seis policiais foram necessários para segurar a encarregada.
O estudante foi socorrido para o Hospital Universitário da USP, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. Outros dois filhos da mulher estavam escondidos em outro cômodo. Em diligências no local, a delegada plantonista localizou três computadores de Maria Lúcia.
Averiguando o material apreendido, a delegada descobriu que a encarregada fazia parte de sites religiosos não convencionais que adotam o sacrifício. Ela acessava as páginas da internet e mantinha contato com outras pessoas com os mesmos interesses pelo site de relacionamento 'Orkut'.
No apartamento, duas facas foram encontradas e apreendidas para perícia. A encarregada também foi hospitalizada no Pronto Socorro do Hospital da Lapa onde, até a elaboração do boletim de ocorrência, permanecia em observação e sedada para avaliação psiquiátrica. Ela está sob escolta policial e, assim que tiver alta, será presa pelo crime.

G1

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Escavadores encontram ossada humana em subsolo de igreja no bairro da Torre

Na manhã desta terça-feira (18), uma ossada humana foi encontrada na Igreja Nossa Senhora do Rosário, na Rua Conde Pirajar, no bairro da Torre, no Recife. De acordo com a polícia, uma análise preliminar dos peritos que estiveram no local aponta a possibilidade dos ossos serem de duas pessoas, além de poderem ter pelo menos 50 anos.
A polícia informa ainda que, de acordo com a investigação, os ossos foram descobertos 10 metros abaixo do chão durante escavações realizadas no prédio, onde funciona uma igreja há 40 anos. Antes, no entanto, o imóvel já foi utilizado como residência e a estrutura que alicerça a construção jamais teria sido modificada.
Atualmente, a Igreja Nossa Senhora do Rosário se encontra em obras para a construção de um prédio de três andares. O material foi recolhido ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde será a perícia tentará revelar sexo, idade e demais características.

PE360

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Método para obter água a partir do ar

Obter água a partir da umidade do ar não é uma técnica nova. Na verdade, ela era mencionada na Bíblia, há milhares de anos. O orvalho da noite já era armazenado para irrigar plantações. Mas uma empresa israelense desenvolveu um método de obter água a partir do ar em grande escala, o que pode ajudar a resolver problemas em muitos países.
De acordo com o Dr. Etan Bar, executivo-chefe da EWA, com sede em Beersheba (no deserto do Neguev), o processo tem três etapas: a primeira é a acumulação da umidade do ar em flocos de sílica. A segunda etapa é a remoção da água e a terceira, a condensação, usando aparelhos à base de pequenos volumes de biodiesel ou outro combustível. Ainda segundo o Dr. Bar, o processo apresenta custo reduzido porque a água pode ser obtida a partir de pequenas unidades de condensação – sem custo de transporte.
A chave está tecnologia de absorção, que emprega um sólido sílica para apanhar a água, e um condensador especial que reutiliza mais de 85% da energia consumida no sistema. As fontes de energia renováveis, tais como a energia solar, biocombustíveis, calor residual ou mesmo o calor a partir de matéria orgânica são compatíveis com o sistema. A empresa, que foi fundada em 2006, baseia-se em nove anos de pesquisa pelo cientista Dr. Etan Bar, um ex-pesquisador na Universidade Ben Gurion.
Apesar de água limpa para beber e tomar banho parecer um direito humano básico, para a maioria do mundo "pobre” é um luxo. Segundo o executivo da EWA um quilômetro cúbico de ar contém 10 a 40 mil toneladas de água – o suficiente para abastecer pelo menos 100 mil pessoas com todas suas necessidades da água, explica Bar.
A EWA, que faturou US$ 100 mil em 2007, planeja chegar ao final deste ano com US$ 5 milhões de faturamento, atingindo US$ 100 milhões em 2009, por conta da enorme demanda - principalmente da África, índia e Austrália - por unidades de produção de água a partir do ar.

Correio de Notícias

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Criança de 4 anos espancada pela mãe corre risco de morte

Uma menina de 4 anos está entre a vida e a morte no Hospital Salgado Filho. A criança foi espancada pela própria mãe dentro de casa, no Engenho Novo, e está com traumatismo craniano e várias fraturas pelo corpo.
Em depoimento na 23ª DP (Méier), a mãe da menina, que é evangélica[bb], disse ter agredido a filha que estaria possuída por um demônio.

JB

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Falta de unidade freia avanço político dos evangélicos

O crescente número de evangélicos registrado nos últimos anos faz do segmento um atraente nicho de potenciais eleitores. De 1940 a 2000, passaram de 2,6% para 15,4% da população brasileira. Hoje, são cerca de 30 milhões de fiéis em todo o país. Por outro lado, rejeição por parte de setores laicos ou ligados a outras religiões e falta de unidade entre as igrejas têm limitado o poder político do rebanho.
Nestas eleições municipais, a representatividade política da Convenção Geral das Assembléias de Deus (CGADB) apresentou queda de quase 9% em relação ao resultado obtido em 2004. A igreja possui aproximadamente 8,5 milhões de fiéis, segundo dados do IBGE no Censo 2000, o que faz dela a mais numerosa do país, com 28% de todos os evangélicos do país. No pleito de 2004, a CGADB emplacou 1.080 vereadores. Este ano, dos 1.400 nomes lançados, 920 foram eleitos.
O presidente do Conselho Político da CGADB, pastor Ronaldo Fonseca, acredita que não há motivos para preocupação. Para ele, a variação é leve e natural, fruto de um acaso derivado do quociente partidário – que representa o número de vagas que cada partido ocupará, resultado da divisão entre o número total de votos obtidos e de vagas destinadas ao cargo em questão. “Nosso trabalho nessas eleições aumentou. Essa queda é pequena e não muda nada”, avalia.
Apesar de não ser tão significativo, o número representa o descompasso que o segmento vive. O número de fiéis aumenta, mas a penetração política não. O surgimento de igrejas evangélicas com orientações diversas e sem articulação entre si é apontado como um obstáculo para a coordenação do poder de eleição dos fiéis.
"Cresceu bastante o número de igrejas, mas é muito fragmentado. No segmento católico, é bem mais fácil articular, pois é uma única igreja. Nós temos inúmeras denominações, cada uma com um líder", explica o deputado João Campos (PSDB-GO), presidente da Frente Parlamentar Evangélica no Congresso.
As facilidades para abrir uma nova igreja evangélica e a ausência de normas rígidas de controle são motivos de fragmentação das vertentes políticas de cada denominação. O pastor Celso Carbonara, de uma congregação da Assembléia de Deus em Brasília, admite a independência. “Não é como abrir um McDonald’s, que toda loja tem que seguir um padrão. É como abrir uma empresa, pode-se usar o nome sem autorização da matriz”, relata.
João Campos justifica, assim, a dificuldade para obtenção de dados concretos sobre a influência política dos evangélicos. Até o momento, a frente desconhece o número de candidatos eleitos apoiados pelas igrejas este ano, e mesmo, nas eleições passadas. No entanto, o deputado acredita que a diversificação deve ser encarada com otimismo.
“É positivo não ter a supremacia de uma só denominação evangélica. Assim, diversificamos mais a representação", avalia.

Diversidade partidária garante mais votos

De fato, uma tendência das lideranças do segmento é se espalhar pelos mais variados partidos políticos. Criado em 2005, com a intenção de unificar a bancada evangélica no Congresso, o PRB abriga, hoje, políticos de outras religiões. A abertura se estende também aos candidatos apoiados pela legenda. "Temos um estatuto do partido, mas não entra religião. Seria contra a democracia", revela o pastor Aguinaldo de Jesus (PRB), secretário de Esportes do DF.
Em sua primeira participação nos pleitos municipais, o partido fez, este ano, mais de 300 vereadores e 37 prefeitos, entre eleitos pela legenda e coligados, afirma o pastor Aguinaldo. Para ele, a estratégia de permitir a entrada de políticos de outros credos é importante para trazer nomes que aglutinam votos.
Entre os "famosos" que compõem a legenda, estão o vice-presidente José Alencar, o ministro de Planejamento Estratégico, Mangabeira Unger, ambos católicos, e o bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, senador Marcelo Crivella (RJ).

“Orientação” para direcionar votos

O potencial dos fiéis como eleitorado reside na relativa facilidade de os líderes evangélicos “orientarem” parte dos fiéis a votar em candidatos escolhidos pela igreja. Pastor Ronaldo admite que, entre a comunidade de baixa renda, é mais fácil direcionar o voto. “Classe mais baixa é mais fácil de ser orientada”, diz.
Segundo pesquisa do IBGE sobre orçamento familiar (2003), o menor rendimento médio mensal do Brasil foi encontrado em famílias com evangélicos pentecostais (R$ 1.271) – os pentecostais representam o maior grupo entre os protestantes brasileiros.
A partir de 2000, a liderança de percentual regional de evangélicos foi ocupada pela região Norte (19,8%), uma das mais carentes do país. Em Rondônia, por exemplo, os evangélicos chegam a 27,2% da população total.
O Conselho Político da Convenção Geral das Assembléias de Deus foi criado em 2002, para disciplinar a candidatura de membros da igreja e de fora dela. Para evitar que líderes locais conduzissem o rebanho aleatoriamente na direção de candidatos que não interessavam à igreja, a CGADB decidiu interferir no processo.
“Chamamos os candidatos para reuniões e mostramos o que esperamos. Pedimos para que honrem nossos compromissos e ideais. Para ser apoiado, tem que passar pelo crivo do conselho”, explicita o presidente da instituição.
Fora os candidatos da igreja, muitos políticos recorrem ao eleitorado fiel em época de eleições. O deputado João Campos conta que uma das atividades dos líderes evangélicos nesse período é cobrar apoio a determinados candidatos. Mas nem sempre são evangélicos os postulantes que ganham suporte dos fiéis.
“Aquele conceito simplista de que irmão tem que votar em irmão não pode ser absoluto”, diz o deputado. Ele defende que é preciso ter preparo político, capacitação e perfil de candidato, além de sólida formação cristã.

Denúncia reduziu drasticamente a Frente Parlamentar Evangélica

O apoio evangélico passou a ser disputado então por políticos de diversas tendências. Já não importa o credo. O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), apesar de agnóstico, participou de cultos evangélicos poucos dias antes do segundo turno das eleições no Rio de Janeiro.
Com as mãos postas, chegou a pedir uma oração a seu favor em reunião com líderes evangélicos na Sociedade Musical 10 de Março, em Campo Grande (zona oeste do Rio).
O presidente da Frente Parlamentar Evangélica diz que não se costuma utilizar o espaço do culto para pregar apoio político. Mas nem sempre o local considerado sagrado pelos evangélicos é preservado.
O prefeito reeleito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), assumidamente católico, chegou a “aceitar Jesus” em encontro evangélico da Igreja da Comunhão Plena, em Barra Funda, distrito da região oeste de São Paulo. Entretanto, depois do evento, sua assessoria reiterou que ele não trocou de religião, conforme revelou o Congresso em Foco.
Como a Igreja Católica, as pentecostais publicam cartilhas explicando como votar e alertando para a importância de não vender o voto. Segundo o sociólogo Ricardo Mariano, professor da PUC-RS e especialista em estudos de religião e política, a alta hierarquia católica tenta impedir a participação de membros do clero nas eleições, e se opõe a manifestações de apoio ou rejeição a candidatos. Ao contrário, o trabalho dos evangélicos, notadamente os pentecostais, é bastante explícito.
Em certos casos, esse apoio pode custar caro ao candidato. Entre os pontos que podem influir negativamente sob o aspecto eleitoral, está a visão conservadora em relação a temas como aborto, união homossexual e pesquisas com células-tronco. Escândalos envolvendo políticos evangélicos complementam a resistência. Essa associação ganhou corpo em 2006, quando a CPI dos Sanguessugas atingiu a bancada evangélica da Câmara.
A denúncia de envolvimento de parlamentares evangélicos com o esquema de fraude na compra de ambulâncias reduziu de 60 para 15 o número de deputados que integravam a Frente Parlamentar Evangélica no início de 2007.

Sociedade teme o avanço dos pentecostais, diz sociólogo

A cobrança do dízimo nas igrejas pentecostais também não é bem vista por outros setores religiosos e pela sociedade laica, segundo Ricardo Mariano. Estudo do IBGE, de 2003, concluiu que os lares em que o chefe de família pertencia a religiões evangélicas apresentaram os maiores percentuais de despesas correntes.
Os gastos nesse grupo, como pensões, mesadas e doações – que incluem, entre outros itens, dízimo e outras contribuições às igrejas – foram os mais elevados, variando entre 21,4% (R$ 22,79) a 34% (R$ 59,16). “Os candidatos apoiados por igrejas pentecostais padecem desse problema de enfrentar a controversa questão que está associada à coleta de dízimo”, acredita Mariano.
No Rio de Janeiro, o bispo licenciado Marcelo Crivella viu sua candidatura a prefeito naufragar já no primeiro turno.
Ele tinha o apoio de boa parte do eleitorado fiel carioca, que chega a quase um quinto da população na capital, contava com a simpatia do presidente Lula e aparecia bem avaliado nas primeiras pesquisas de intenção de voto. Apesar disso, Crivella perdeu terreno para Fernando Gabeira, que foi ao segundo turno contra Eduardo Paes (PMDB).
Ricardo Mariano acredita que a derrota de Crivella deveu-se, em boa medida, ao seu vínculo com a Universal. “Todos os candidatos procuraram martelar nessa tecla de que ele era o candidato da Universal. Nos últimos dois meses, ele começou a reclamar que estava sofrendo preconceito por ser evangélico”, recorda.
O sociólogo avalia que há muitos setores da sociedade que temem o avanço dos pentecostais nos meios políticos. Unidos, terminam por frear o avanço dos evangélicos. “Crivella teve problemas com o projeto Cimento Social, e sua coligação era muito frágil, mas essa resistência justifica parcialmente sua derrota. O eleitorado fiel é incapaz de eleger um candidato evangélico para cargos majoritários”, aponta.

Congressoemfoco

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Ataque a igreja protestante deixa pastor inconsciente

Um grupo de 20 homens tomou de assalto o local de culto de uma comunidade pentecostal, na cidade de Bhayander, em Mumbai, agredindo os presentes e deixando o pastor[bb] sem sentidos.
Os agressores gritavam palavras de ordem, disseram-se membros de um grupo de extremistas hindus e acusaram os presentes de utilizarem a igreja para levar a cabo conversões.
Vários fiéis foram agredidos, mas foi o líder da comunidade quem sofreu o pior das represálias. Felix Fernandes foi despido e espancado até perder os sentidos, sendo posteriormente abandonado nas ruas da cidade. Tudo isto teve lugar a escassos metros do posto da polícia local.
Eventualmente a polícia chegou e os atacantes dispersaram. Posteriormente foram feitas 20 detenções. Mas os objectivos do grupo já teriam sido alcançados, segundo Monsenhor Percival Fernandes, da Igreja[bb] Católica de Mumbai: “Estas acções têm um só objectivo, espalhar o medo e a ansiedade entre as pessoas e as comunidades atacadas”
Entretanto os Bispos do Estado de Orissa, juntamente com os restantes membros da Conferência Episcopal da Índia, fizeram um novo apelo em prol dos cristãos refugiados naquele estado, que tem sido o mais duramente atingido pela purga que decorre desde Agosto.
Segundos os Bispos, o número de pessoas nos campos está a diminuir, não por qualquer melhoria na situação geral, mas porque estão a imigrar para outros distritos mais seguros.
“Os cristãos de Kandhamal perderam toda a confiança nas autoridades e sentem que os seus direitos fundamentais foram esmagados por este governo”, afirmam os prelados.

FA/AsiaNews/Ecclesia/Renascença

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Feiticeira transforma R$ 1,7 mil em barra de sabão

Um crime curioso foi registrado recentemente na Delegacia de Mata Grande. O delegado Genilson Rocha vai investigar o feitiço que transformou R$ 1,7 mil em uma barra de sabão[bb].
A queixa foi prestada por Cleidilene Leite Vilar, 24, que procurou a 'feiticeira' Maria de Lourdes, 77, em busca de um 'feitiço' para que o marido dela deixasse o vício do álcool.
Maria de Lurdes pediu que R$ 1,7 mil fossem colocados dentro de um pano para começar o cerimonial[bb]. Após o suposto ritual, a 'feiticeira' pediu para Cleidilene Leite utilizar o pano após 18 horas e não cobrou nada pelo serviço.
Depois da hora indicada, Cleidilene Leite foi pegar o dinheiro[bb]. Na hora que abriu o pano, tinha uma barra de sabão verde. O caso chamou a atenção no Sertão e vai ser investigado pelo delegado.

TNH/NC

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Papa fala de Lutero e diz que a fé salva se não se opor à caridade

O papa Bento XVI falou hoje da "Doutrina da Justificação", um dos temas mais controvertidos da reforma protestante, e disse que Martinho Lutero não se equivocava quando dizia que "só a nos salva", mas matizou que sempre que essa fé "não se oponha à caridade e ao amor".
Dinate de cerca de 20.000 pessoas que assistiram na Praça de São Pedro à audiência pública, o papa disse que é através da catequese que o ser humano se transforma em justo aos olhos de Deus, tema central nas cartas de São Paulo e um dos assuntos que durante mais de quatro séculos separaram luteranos e católicos.
O sumo pontífice ressaltou que o Apóstolo - cujos escritos inspiraram profundamente Lutero - afirmava em suas cartas aos cristãos de Roma que "o homem é justificado pela fé com independência das obras da lei".
"Lutero traduziu justificados só pela fé", disse o papa, acrescentando que "a expressão 'sola fide' (só a fé) de Lutero é verdadeira se não se opor à caridade, ao amor".
Ser justo, assegurou o papa, significa "simplesmente estar com Cristo, por isso que os outros preceitos já não são necessários".
Bento XVI acrescentou que a fé é "olhar para Cristo, confiar-se a Cristo" e que a justiça se decide na caridade.
Terminada a audiência, o papa disse em espanhol aos fiéis presentes da Espanha e da América Latina que a justificativa em Cristo "é uma ação gratuita de Deus, sem merecimento humano".
A "Doutrina da Justificação" é a explicação teológica das relações entre a graça de Deus que chega ao homem pelo batismo, e como o homem com essa graça passa de pecador a justo.
Tanto católicos como protestantes aceitam que a salvação é uma iniciativa gratuita de Deus.
Mas enquanto para os católicos o homem pode cooperar para esta graça, para os protestantes só esta ao homem uma atitude passiva.
Os católicos dizem que graças aos méritos da paixão de Cristo e por meio do batismo o pecado original é totalmente apagado, e a concupiscência é uma tendência ao pecado, mas não um pecado. No entanto, para os protestantes a concupiscência é um autêntico pecado.

EFE

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Ex-cantor gospel é suspeito de ter jogado mulher e filho de prédio em SP.

Mulher que caiu de prédio registrou ocorrências contra ex-marido. Polícia localizou três boletins registrados desde o ano passado. Filho de 6 anos do casal também caiu do 3º andar, mas sobreviveu.
A operadora de caixa Andréia Cristina Nóbrega Bezerra, de 31 anos, registrou pelo menos três boletins de ocorrência desde o ano passado contra o ex-marido, de acordo com o delegado Cristiano Macedo Engel, do 2º Distrito Policial de Guarulhos, na Grande São Paulo. Ela morreu após cair do 3º andar de um prédio nesta terça-feira (18).
O filho dela, de 6 anos, também caiu do mesmo andar, mas sobreviveu. A Polícia Civil diz que o principal suspeito da morte da mulher é o ex-marido dela, que é músico. Andréia registrou duas ocorrências contra ele em janeiro deste ano: a primeira por dano e injúria, porque ele teria xingado a vítima e quebrado o apartamento dela e a segunda de violência doméstica. O terceiro boletim é de março de 2007, por ameaça.
A polícia procura o músico Evandro Gomes, suspeito de ter empurrado a ex-mulher e o filho Lucas do 3° andar de um prédio em Guarulhos. Evandro, pagodeiro que vivia de apresentações em bares e igrejas evangélicas, já participou inclusive do programa Raul Gil e gravara um CD com o tí­tulo “Fica Comigo”.
Os vizinhos teriam dito à polícia, em conversa informal, que ouviram uma discussão vinda do apartamento por volta das 16h30 de terça-feira (18). Em princípio, a polícia descarta a possibilidade de ter ocorrido uma queda acidental. Por conta disso, pretende pedir a prisão preventiva do ex-marido de Andréia.
Para o delegado, o ex-marido “é o suspeito número um”. “Ele estava no apartamento. Houve uma discussão e os móveis da casa estavam desarrumados, dando a impressão que houve luta”, afirmou. De acordo com ele, o advogado do músico teria dito que pretende apresentar seu cliente à polícia ainda nesta quarta-feira (19).
A polícia recolheu uma foto no apartamento que mostra Andréia provavelmente com um irmão. No verso, ela pede desculpas “por não enfrentar as lutas, mas Deus sabe o meu desespero. Tá difícil para ser feliz nesta vida”. O delegado interpretou a mensagem como sendo de “um momento depressivo” de Andréia. A foto é datada de 18 de fevereiro deste ano.
Irmã da vítima
Por ter presenciado diversas vezes ameaças à sua família, a auxiliar administrativa Josilene Bezerra Nóbrega Torres, de 39 anos, diz ter certeza de que foi o ex-marido de sua irmã o responsável pela morte dela. “Temos absoluta certeza. Ele era muito agressivo. Tentou várias vezes tirar a vida dela”, afirmou Josilene ao G1.
Segundo ela, o homem tinha muito ciúme de Andréia, que trabalhava como operadora de caixa em um supermercado de Guarulhos. A mulher contou que as brigas entre o casal eram constantes. Andréia e o ex-marido se conheceram quando a moça tinha 17 anos. “Ela freqüentava a mesma igreja evangélica onde ele cantava”, disse a irmã.
Nascida em Pernambuco, veio para São Paulo ainda bebê e era a caçula de um total de cinco irmãos. De acordo com Josilene, o casal morou junto apenas por um ano antes de o menino nascer e o pai da criança já teria outra mulher, mas sempre quis reatar o relacionamento com a operadora de caixa. “Ela acabava deixando”, contou a irmã.
Josilene, que diz não ter denunciado o homem antes por causa de Andréia e do sobrinho, diz que agora “não tem nada a perder” e garantiu que a irmã não se jogaria. “Ela jamais faria isso”. Ainda de acordo com a auxiliar administrativa, o ex-marido de Andréia chegou a colocar detetives atrás dela.
A queda de Andréia foi flagrada e gravada por câmeras do circuito externo de TV dos Correios. Nas imagens, um homem vestido de preto aparece sem prestar socorro. De acordo com um porteiro, essa pessoa é o ex-marido da vítima.

Orações para Belém no Advento e no Natal

Cristãos de todo o mundo que se preparam para celebrar o Advento e o Natal na segurança de seus lares e comunidades são convidados, mais uma vez, a orar pela justiça, a paz e a segurança na Palestina e em Israel, e a enviar uma oração ou uma mensagem de paz a Belém.

Pelo nono ano consecutivo, as celebrações natalinas ocorrerão em meio a um clima de tensão na Terra Santa, em Belém, o berço de Jesus Cristo. Belém é, contudo, para ser uma cidade de paz.
Nestes tempos de tantas provações, muitas pessoas e grupos se negam a renunciar à esperança, buscando alternativas não-violentas para proclamar seus direitos e alcançar um futuro pacífico e justo para palestinos e israelenses.
Desde dezembro de 2000, uma nova tradição natalina foi tomando forma: enviar mensagens de paz às pessoas de Belém. As mensagens são remetidas por correio eletrônico, com desejos e orações pela justiça e a paz. Este ano, o projeto conta com a colaboração do Fórum Ecumênico Palestina-Israel, do Conselho Mundial de Igrejas (CMI).
Os desejos e as orações são impressas em Belém e entregues às pessoas, divulgados nas escolas e nos grupos inter-religiosos nos locais de adoração. As mensagens também serão apresentadas na recém estabelecida casa de paz do Instituto Árabe Educativo (IAE), localizada em frente ao "muro de separação" israelense, na Tumba de Raquel, em Belém.
Enviar um desejo ou uma oração por correio eletrônico constitui uma maneira importante de comunicação com muitas pessoas que almejam escutar uma voz de esperança. A população de Belém gostará de receber, por ocasião do Natal, essas mensagens de oração e desejos de pessoas distantes, como gestos pessoais e espirituais de consolo e esperança. As mensagens representam uma maneira de romper com o isolamento ao qual estão submetidos.
As mensagens de Natal e as orações pela paz devem ser enviadas, para o endereço eletrônico aei@p-ol.com, do IAE, antes do dia 25 de dezembro de 2008 (Natal no calendário ocidental), ou 7 de janeiro de 2009 (Natal no calendário oriental). O inglês é o idioma preferível para o envio das mensagens, que também podem ser escritas em outras línguas.
As mensagens enviadas poderão ser lidas nos seguintes sites:
http://www.aeicenter.org
http://www.paxchristi.net
A iniciativa tem o apoio local do IAE, da Biblioteca Itinerante para a Não-Violência e a Paz, o Centro para a Resolução de Conflitos e a Reconciliação, a Comissão Justiça e Paz de Jerusalém e o Centro Wi’am.
Em âmbito internacional, a iniciativa está sendo apoiada pelo Fórum Ecumênico Palestina-Israel do CMI, Pax Christi Internacional, Fraternidade Internacional da Reconciliação, Igreja e Paz, presidência da Conferência Européia de Comissões de Justiça e Paz, além do Centro Asiático para o Progresso dos Povos.

ALC/CMI

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Eleição de Obama nos EUA deixa militantes gays otimistas

De acordo com o site homossexual MixBrasil, a “Associação Internacional de Lésbicas e Gays (ILGa, na sigla em inglês), se declarou muito satisfeita com a eleição do democrata Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos. A entidade acredita que a vitória de Obama representa a abertura de uma via para a elaboração de uma nova política para os homossexuais e para o combate à Aids”.

MixBrasil revela também que Obama é favorável à aplicação de uma política de “combate” à Aids de uma forma mais liberal. Isto é, veremos o escândalo que já vem ocorrendo há anos: o dinheiro público que poderia e deveria ser destinado a graves problemas de saúde (como câncer, moléstias do coração, etc.) vai acabar nas mãos dos ativistas homossexuais.

Os militantes gays costumam se servir da maioria dos grupos de AIDS que, querendo ou não, acabam virando os grandes laranjas do movimento homossexual, captando elevadas verbas e recursos governamentais para sustentar todos os tipos de atividades gayzistas.

Alguns homossexuais estão enojados com a ganância do movimento homossexual, que usa todos os meios e canais para sugar os recursos estatais sustentos pelos impostos do povo trabalhador. O site homossexual A Capa revela a queixa deles:

“Stalinista. Foi dessa forma que o ativista José Araújo, diretor da AFXB (Centro de convivência para crianças que vivem com HIV/Aids em São Paulo), classificou alguns setores do movimento gay... ‘A fome de poder deles está sendo saciada pelo Programa Nacional [de DST/Aids]’, avalia Araújo. Para José Roberto Pereira, mais conhecido como Betinho, está acontecendo ‘um aumento cada vez maior da intervenção do movimento gay no movimento de Aids’. ‘Eu sou gay, não tenho o menor problema com gay, mas... existe uma espécie de estrangulamento do movimento de Aids com o crescimento do movimento gay’, acredita Betinho. Fundos importantes da Aids estão indo para o movimento gay e não estou vendo uma queda dos índices [da epidemia do HIV entre os homossexuais]’, avalia Betinho, um dos colaboradores do Projeto Bem-Me-Quer. (...) ‘O movimento de Aids está perdendo sua característica. Está virando um grande movimento gay’, lamentou, em outro momento, José Araújo, da AFBX.”

Não é, pois, por interesses de saúde que a militância gay tanto exige recursos para o “combate” a AIDS.

Considerando que Obama apóia publicamente a agenda gay, dá para se predizer com toda a segurança que ele vai investir muito nos programas de “prevenção” à AIDS e patrocinar a causa GLSBT.

Fonte: www.juliosevero.com

FONTE: www.cacp.org.br

Cemitério judeu na Alemanha é profanado com uma cabeça de porco


Alemanha (AFP) - O cemitério judeu de Gotha, no leste da Alemanha, foi profanado por desconhecidos que colocaram a cabeça de um porco na entrada do local.

A profanação foi descoberta na véspera e o ato não foi reivindicado até o momento.

A cabeça de porco estava enfiada numa estrela de Davi que decora o lugar e, além disso, os profanadores prenderam um lençol branco no qual escreveram em vermelho “seis milhões de mentiras”, em alusão ao número de judeus que morreram sob o regime nazista.

O porta-voz da polícia também informou que os profanadores jogaram pedaços de vidro e um líquido vermelho no local.

Outro cemitério judeu também foi profanado na noite de domingo em Erfurt, capital da Turíngia. Uma placa comemorativa situada na entrada do local foi pichada com tinta vermelha.

Duas investigações judiciais foram abertas por incitação ao ódio racial.

(Fonte: Yahoo! Notícias)

FONTE: www.overbo.com.br

Igreja condena seitas que molestam crianças

D. Joaquim Lopes, Bispo de Viana, representou Angola no Sínodo dos Bispos, que se realizou no Vaticano, em Roma, em Outubro passado. Na reunião, bispos de todo o mundo debruçaram-se sobre um tema que preocupa os católicos, a Bíblia e o papel da palavra de Deus na vida e na missão da Igreja no momento actual. Em entrevista ao “Jornal de Angola”, D. Joaquim Lopes fala da sua presença no Sínodo, aborda a preparação da visita do Papa Bento XVI a Angola e dá a sua opinião sobre as seitas religiosas que acusam crianças de feitiçaria.

Jornal de Angola – Como estão os preparativos da visita do Papa Bento XVI a Angola?
Dom Joaquim Lopes – Todo mundo já foi informado, pela voz do próprio Papa, na basílica de S. Pedro, no Vaticano, em Roma, que ele vem a Angola logo a seguir aos Camarões. Essa visita vai efectuar-se no mês de Março. A Conferência Episcopal de Angola e S. Tomé (CEAST) ainda não anunciou o programa. A CEAST vai organizar esta visita juntamente com o Governo da República de Angola, porque o Santo Padre vem na dupla qualidade de chefe da Igreja Católica e de Chefe de Estado do Vaticano. Uma comissão já esteve em Luanda. Vamos ter uma reunião extraordinária na CEAST, no próximo dia 15 de Dezembro. Creio que a partir desse dia, a Comunicação Social será informada de toda a programação da visita Papal. Os organismos estão a trabalhar e nós estamos a gizar a programação. Só a partir dia 15 de Dezembro ela pode ser tornada pública.

JA – Porque razão a visita do Papa vai limitar-se a Luanda?
JL- Contrariamente ao périplo que fez o Papa João Paulo II, em 1992, que visitou cinco capitais de província e também a República de São Tomé e Príncipe, desta vez o Papa Bento XVI fica apenas por Luanda. Se repararem nas últimas viagens, quando se desloca, o Papa não tem feito uma grande deambulação nos países em que visita. Compreende-se, devido à idade do Santo Padre e à sua agenda. Sair de Luanda implica accionar imensos mecanismos de segurança e organização. Muita agente não imagina, mas o Papa tem uma agenda tremendamente carregada, às vezes mais do que outro Chefe de Estado. O Santo Padre vai fixar-se durante três dias em Luanda. As representações das dioceses e a cristandade virão à capital. No programa vamos divulgar os locais para os fiéis e a população participarem nos actos públicos.

JA- Além de missas, que outras actividades religiosas se vão desenvolver durante a visita do Papa?
JL- Há sempre uma missa solene que envolve a população em geral em espaços vastos. Não sei se a Cidadela Desportiva será capaz de comportar a moldura humana que Luanda possui. Mas vamos estudar e depois comunicar em que lugar será a missa. Esse é um dos momentos altos da visita do Papa, o encontro com a população. O Santo Padre terá também encontros privados, por exemplo, com membros da CEAST, com os religiosos e religiosas de Angola, com os leigos empenhados e, evidentemente, com autoridades do Estado. A visita será objecto de um organograma que, como disse, a partir do 15 de Dezembro é comunicado a toda a população.

JA- Representou a Igreja Católica angolana no Vaticano. Pode descrever essa representação?
JL- Estive no mês de Outubro, no Vaticano, no sínodo, reunião em que os bispos da Igreja Católica se debruçaram sobre um tema que preocupa a Igreja, a Bíblia. Foi de 5 a 26 de Outubro e estiveram a trabalhar bispos de todo os continentes, falhou apenas a República Popular da China. Abordamos o papel da palavra de Deus, ou da Bíblia, na vida e na missão da Igreja no momento actual que o mundo atravessa. O sínodo é no fundo uma assembleia, a reunião magna dos Bispos de todo mundo. Cada país é representado por um bispo. Este sínodo foi ordinário e realiza-se normalmente de três em três anos. Em 2009, há um sínodo extraordinário, em Roma, exclusivamente para África. Nele vão participar alguns bispos da nossa Conferência Episcopal. Este sínodo está a ser preparado e até tem a ver com a visita do Papa. O Santo Padre vai aos Camarões entregar aos bispos de África, de forma simbólica, o documento final da preparação do Sínodo Africano.

JA- O que pensa das seitas religiosas que maltratam crianças?
JL- Chegou-me aos meus ouvidos, com algum eco, este assunto. A Igreja pronunciou-se, na diocese do Uíje, e noutras dioceses. Este fenómeno já está a ser analisado e tem muito a ver com questões culturais ainda não bem reflectidas ou amadurecidas. Por vezes, são aproveitadas também por seitas, agremiações ou associações de características místicas - mais do que religiosas e que, sem qualquer critério filosófico ou teológico, apenas por indução, sob ponto de vista dos aspectos tradicionais ligados a actividades do tipo fetichista, têm violentado as crianças e não só.
Acho que as sociedades despertaram para o problema e estão a envidar esforços para eliminá-lo. A Igreja continua o seu trabalho e vai colaborar com o Estado para detectar e procurar solucionar e até avisar as autoridades para uma intervenção mais rápida, quando estes casos surgirem. Estou convencido que o Estado está a fazer o seu papel. Temos um bom ordenamento jurídico neste campo.

JA- Qual tem sido o contributo da Igreja Católica neste caso?
JL- Sabemos que algumas casas de bispos da Igreja Católica têm recebido crianças acusadas de feitiçaria. Estamos a sensibilizar os fiéis, porque quando a religião não liberta as pessoas e se torna uma super-estrutura ideológica e fanática, não é religião. É exactamente o contrário de religião. A religião só tem sentido se realmente ajuda a equilibrar as pessoas e as anima para uma vida cada vez mais plena e um verdadeiro amor ao próximo, ao mundo, à sociedade e à construção do bem comum.
Quando há atitudes deste género, que tendem para o ramo da feitiçaria, da opressão, da atribuição de poderes do tipo fetichistas sobre as pessoas e, pior ainda, com as crianças, isto tem de ser banido com a maior urgência e com atitudes que, de facto, façam com que as pessoas deixem de imediato esse tipo de prática. Caso contrário, se pactuarmos, estaremos a contribuir para um autêntico desastre, a destruição da personalidade das pessoas e, tratando-se de crianças, atinge uma gravidade ainda maior.

JA - Qual a diferença entre igreja e seita religiosa?
JL - A linguagem depende, por vezes, também da sua utilização. Igreja significa assembleia, comunidade, povo reunido. Seita, geralmente, pelo menos em português, indica um grupo pequeno, de proporções mais reduzida e geralmente mais aguerrido, mais lutador, que procura um lugar ao sol, geralmente pelo fanatismo. Há códigos de Direito, como o francês, em que a palavra “seita” não é admitida. Mas, na maioria dos códigos ocidentais, religiosos e igrejas são quase sinónimos e indicam grupos volumosos. Talvez possamos encontrar uma nova definição de seita, que não seja ofensiva no sentido das pessoas que tomam parte nessas agremiações se sintam discriminadas.

Jornal de Angola

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Kaká cogita idéia de entrar na política depois que parar de jogar


Melhor jogador de futebol do mundo em 2007, o meia Kaká não descarta a idéia de entrar na política depois que deixar os campos. A informação foi dada pelo premiê italiano e dono do Milan, Silvio Berluconi, em encontro com o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva. Em entrevista concedida ao jornal Corriere dello Sport, o jogador confirmou a possibilidade:

— Veremos. Agora penso em futebol, depois começarei a aprender algumas coisas de política e um dia talvez tenha vontade de entrar nesse ambiente — disse.

Recentemente, Kaká declarou também que pretende ser um pastor evangélico depois de pendurar as chuteiras. Afirmou que “é um caminho difícil, porque é necessário estudar teologia e se aprofundar no estudo da Bíblia”, e negou que sua conversão à fé evangélica tenha acontecido quando quase se afogou em uma piscina, aos 18 anos.

(Fonte: ClicRBS)

FONTE: www.overbo.com.br

Pastor acusado de abuso sexual já foi preso por tráfico de drogas

Mais um crime cometido pelo pastor de uma Igreja Evangélica, acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 12 anos que freqüentava os cultos presididos por ele, vem à tona. Na tarde desta segunda-feira (17), a Polícia Civil divulgou que o religioso já esteve preso após ter sido condenado por tráfico de drogas.
De acordo com o titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Marcelo Nolasco, a descoberta da detenção anterior aconteceu durante análise feita no Sistema de Antecedentes Criminais da PC (Secrim).
Ainda segundo o delegado, o acusado foi condenado em 1996 pela 6ª Vara Criminal do município de Vila Velha. A pena chegou a ser cumprida e, em 1999, o pastor foi posto em liberdade e voltou às ruas.
"Ele ficou indignado com a prisão e disse que não fez nada disso. Inclusive em depoimento ele disse que jamais tinha sido preso ou processado anteriormente. Nós pesquisamos e conseguimos a informação de que ele, de fato, foi condenado e cumpriu pena por tráfico de drogas".

Nova vítima

Durante as investigações referentes ao caso de abuso sexual, a polícia conseguiu a informação de que mais uma menor de idade pode ter sido vítima do pastor. Nolasco salientou que a equipe da DPCA já trabalha na tentativa de localizá-la.
"Nós ainda estamos tentando localizar a segunda adolescente que pode ter sofrido abuso sexual. Só que ela não mora mais no bairro (Itararé) e precisamos ouví-la".

Prisão
O pastor de um Igreja Evangélica de Itararé, em Vitória, foi preso na manhã da quarta-feira (12), acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 12 anos. Segundo informações do delegado da DPCA, o religioso foi detido na Igreja onde já atuava há mais de um ano.
Ainda de acordo com o delegado, o pastor chegou a prestar depoimento mas negou todas as acusações.

O caso
A denúncia dos abusos sexuais foi feita pela tia da menina, no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória, depois que ele encontrou uma carta na qual a sobrinha pretendia contar os fatos à mãe. Com medo da reação de familiares, a garota não entregou o bilhete.
Do DPJ, a ocorrência foi parar na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). No entanto, apenas a tia e a menina prestaram depoimento.
A mãe, com medo, não quis representar contra o pastor. O delegado José Luiz Pazzeto informou que neste caso, o inquérito pode ser feito por portaria.
O acusado, de acordo com o titular da delegacia, aguarda vaga em um presídio da Grande Vitória para ser transferido.

Gazeta online

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Carla Perez arma 'pegadinha' e casa os pais no religioso

Os pais de Carla, Dona Ivone e o Sr.Carlos Soares são casados no civil há cerca de 30 anos.
A manhã do último sábado (15) foi mais do que especial para Dona Ivone, mãe de Carla Perez. Aproveitando a data de seu aniversário de 50 anos, sua filha preparou uma surpresa emocionante e em dose dupla: uma festa de aniversário e outra de casamento!
Os pais de Carla, Dona Ivone e o Sr.Carlos Soares são casados no civil há cerca de 30 anos, e sempre sonharam em um dia ter uma cerimônia religiosa e uma festa de casamento, como manda a tradição. Aproveitando a ocasião, Carla preparou uma festa para 250 convidados no charmoso espaço Maison Soller, na praia de Patamares, em Salvador.
Com direito a bolo de casamento assinado por Tânia Belos Bolos - a preferida das celebridades baianas - e o famoso acarajé da Dinha, e um tradicional vestido de noiva.
Para que não desconfiasse de nada, Carla informou que se tratava de um ensaio fotográfico para revista Bahia Noivas e atraiu o casal para a 'pegadinha'.
Depois de tudo pronto, a cantora chamou Dona Ivone para dentro do espaço onde seriam feitas as tais fotos e quando ela viu toda a família e amigos reunidos e o Sr.Carlos trajado de noivo, parou por uns instantes e, emocionada, contemplou cada detalhe da decoração.
Enquanto isso, a cerimônia começou ao som da cantora gospel Régia Freitas e do DJ Bob da Hora, que entoaram hinos de louvor e adoração ao Senhor Jesus.
Como padrinhos, os filhos do casal: Carla (31), Cleise (22), Cleivone (27) e Júnior (24) - exceto Cledson (29) que está na Europa a trabalho.
Seus netos Victor Alexandre (4) e Matheus (4) entraram juntos segurando a Bíblia sagrada e entregaram ao Bispo Átila Brandão.
As damas de honra foram suas netas Camilly (6) - que entregou as alianças-, Gabrielly (5) e as irmãs Rebeka (2) e Pryscilla (1).
Amigos como o pugilista e secretário de esportes de Salvador Acelino Popó Freitas e sua esposa Eliana Guimarães e o Bispo Ivo Dias também compareceram ao enlace.

Fuxico/180graus

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Mulher morre às mãos de seita religiosa

Uma mulher de 28 anos morreu durante o cativeiro forçado por uma seita religiosa em Luanda, noticiou hoje a Rádio Nacional de Angola citando a família da vítima.
A rádio estatal angolana refere que esta seita, situada no bairro Prenda, município da Maianga, mantém várias muulheres impedidas do contacto com os seus familiares.
Este caso surge depois de, há cerca de um mês, a Polícia Nacional angolana ter resgatado 40 crianças ditas «feiticeiras» que estavam a ser vítimas de violência física e psicológica por duas igrejas ilegais que as «tratavam» contra os maus espíritos.
Ana Manuel Bengue morreu de doença, sem assistência médica, no passado dia 11 nas instalações de uma seita religiosa, cuja designação não foi divulgada, referiram fontes familiares da vítima.
Um tio da jovem, Neves Rodrigues, contou que tudo aconteceu quando a sua sobrinha se encontrava na igreja que não permite a saída dos fiéis nem visitas de familiares.
«O que mais nos espantou é que eles (alegados missionários) nos comunicaram a morte da nossa sobrinha e já tinham feito praticamente tudo, incluindo o funeral», salientou Neves Rodrigues.

DD

FONTE: www.overbo.com.br

Julio Severo: Deputado Miguel Martini impede mutilação genital patrocinada pelo governo Lula


Um rapaz de 21 anos chega à casa dos pais e eles, surpreendidos, perguntam o que aconteceu. Ele diz que descobriu que era na verdade uma mulher em corpo de homem. Por isso, para corrigir o “erro” da natureza, ele fez cirurgia de sexo, removendo o pênis e criando tanto quanto possível uma imitação da vagina.

Os pais ficam horrorizados. “Nós vimos você nascer. Temos certeza de que você nasceu homem. Temos certeza de que a natureza não errou. Quem colocou na sua cabeça que um homem pode nascer em corpo de mulher e vice-versa?”

O rapaz responde: “Os programas de TV e as escolas do governo. Sempre fui ensinado ali que nascer homem e mulher não é importante. Sempre fui ensinado ali que existe uma variedade de opções sexuais a se escolher. Sempre fui incentivado ali ao sexo diversificado”.

“Mas, filho”, pergunta a mãe, “quem foi que ajudou você a mutilar seu corpo, tirando algo que a natureza lhe deu e colocando algo que ela não lhe deu?”

“O governo, mãe”, diz o rapaz. “Fiz minha operação de sexo pelo SUS, totalmente paga pelo governo. Não tive receio nenhum de fazer isso, porque o governo sempre me ensinou que a escolha sexual é um direito e é totalmente normal. Não importa o que vocês pensem, não importa o que a natureza determine e não importa o que a Bíblia diga. A palavra final é do governo”.

“E não é só isso”, diz o rapaz, “se vocês e a igreja de vocês não aceitarem minhas escolhas e práticas, o governo já tem leis para lidar com isso. Não tolerarei nenhum olhar feio ou crítica. Do contrário, as leis anti-preconceito saberão o que fazer com vocês”.

Os pais são assim obrigados a aceitar a mutilação genital de seus filhos — uma mutilação idiota protegida e financiada pelo Estado. Sob a ameaça de um Estado louco, pais serão forçados a aceitar dentro de casa filhos rapazes que fazem sexo com homens e ainda fazem mutilação genital. Por causa da pressão tirânica do governo, será praticamente impossível que os pais lidem diretamente com as escolhas sexuais pervertidas de um filho.

Esse é o clima que se tornará realidade no Brasil, se não houver reação.

Num país onde não se tem dinheiro para dar atendimento necessário a muitos pacientes, o governo promete as seguintes regalias na operação de mudança de sexo:

— A idade mínima para a cirurgia é de 21 anos e a máxima 75 anos.

— O paciente terá disponível hormônio antes de cirurgia e depois por tempo indeterminado.

— Ele terá acesso a hormônio para diminuir pelo, para afinar a voz, etc.

— O custo da aplicação de hormônios ao mês é R$ 62 reais por paciente.

— Terá acompanhamento terapêutico por cerca de dois anos pré e pós cirúrgico por equipe multiprofissional (psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas, endocrinologistas, etc) no valor de 37 reais por paciente ao mês por profissional.

— A retirada dos testículos e a construção de uma neovagina a partir da bolsa escrotal ficará por 1.113,57 para o hospital.

— Ficará a disposição também a cirurgia para alongamento das cordas vocais e para redução do Pomo de Adão, com vistas à feminilização.

— Haverá avaliação da satisfação do paciente com os serviços prestados pelo SUS.

— Na Portaria esta definida o transexualismo como um desejo em geral de um sentimento de viver e ser aceito enquanto pessoa do sexo oposto.

— O paciente terá uso continuo de hormônios, por longo período de tempo e assistência endocrinológica continuada.

— Terá atendimento psicológico para acompanhar a auto -estima, a auto-imagem corporal, se libertar de aspectos conflituosos da infância e adolescência, a síndrome e angústia pós cirúrgica, pois se admite na Portaria que o fato de ter feito a cirurgia ou as cirurgias não necessariamente significa que a pessoa transexual se libertou totalmente de algumas inseguranças e angústias.

— O paciente terá acompanhamento para inserção no mercado de trabalho.

— A família da pessoa transexual terá atendimento especial para elaborar bem o luto da perda do filho ou filha do sexo biológico de nascimento.

Se depender do governo Lula, ávido promotor da agenda gay na sociedade, o dinheiro publico será esbanjado na realização de desejos homossexuais de troca de sexo custeada pelo SUS. Mas se depender de pessoas de boa vontade, as necessidades do povo terão prioridade absoluta. Esse foi o motivo por que o Dep. Miguel Martini interveio com ação para impedir a realização dessas operações.

Graças à ação de Martini, os pais não terão a tristeza de ver um filho trocando de sexo no SUS. E nós não teremos a tristeza de ver nosso dinheiro escoando nesse tipo de cirurgia desnecessária. E pacientes que padecem em filas de hospitais por falta de recursos não terão a tristeza de ver verbas desviadas para finalidades sem nenhuma utilidade.

Um homem remover o pênis ou uma mulher remover a vagina é lesão corporal. Por isso, em sua ação, Martini cita o segundo parágrafo do artigo 129 que estabelece pena de “dois a oito anos” de reclusão para lesões corporais com “perda ou inutilização de membro, sentido ou função”.

Martini também declarou: “Ora, se o SUS não tem condições de atender as mulheres durante o pré-natal, se não tem condições de fazer cirurgias, se não tem condições de atender pacientes oncológicos, como poderá fazer cirurgia para mudança de sexo, em detrimento daqueles que não têm condições de viver nem de sobreviver?!”

Martini, que faz parte da renovação carismática católica, já tem o apoio da Frente Parlamentar Evangélica, cujo presidente João Campos disse: “Isso é um absurdo. O SUS não está tendo dinheiro para financiar políticas públicas curativas, ou de combate a epidemias, vai ter dinheiro para atender a questões pontuais, individuais, de alguns cidadãos brasileiros? Quantas pessoas estão esperando na fila para fazer cirurgia de câncer de mama, por exemplo, e não conseguem? Isso é dissenso, uma falta de juízo, uma excrescência”.

A oposição a Martini está vindo principalmente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT, do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfemea) e outras entidades que forçam o investimento de recursos públicos na promoção da agenda gay. Se tiverem sucesso contra Martini, as inúteis operações de mutilação genital prosseguirão, totalmente pagas por nossos impostos.

Entretanto, Martini está preocupado com o destino do dinheiro suado que sai do bolso do trabalhador brasileiro. “Eu presido uma entidade oncológica. As pessoas com câncer não conseguem fazer as cirurgias previstas no SUS”, comentou ele, deixando claro que a mutilação genital financiada pelo Estado “é uma coisa caríssima. É inaceitável em um país com os problemas do Brasil. Isso é um luxo, uma agressão à sociedade. Isso é um acinte contra o povo brasileiro, contra o cidadão que não tem dinheiro, não tem atendimento, está sofrendo dor, muitos estão morrendo nas filas do SUS”.

Se o governo deseja investir em algo que trará benefícios reais para quem pratica o homossexualismo, há escolhas melhores. O próprio Dep. João Campos reconheceu que o Estado pode fazer coisas muito mais importantes para ajudar os homossexuais. Ele declarou: “Se é questão de fazer tratamento, que seja para restabelecê-los à sua condição original, à sua originalidade, e não para aprofundar esse problema”.

Por Julio Severo

Fonte: www.juliosevero.com

FONTE: www.overbo.com.br

Mercado Gospel movimenta R$ 1 bi no País

O crescimento em ritmo acelerado do mercado Gospel, no País, motivou, ontem, o pronunciamento do deputado Pastor Cleiton Collins (PSC). O parlamentar destacou a matéria publicada, no último dia 16, no Jornal Folha de Pernambuco sobre o assunto. “Somos uma fatia significativa do mercado consumidor e, de alguma forma, geramos emprego e renda”, comentou. De acordo com o texto, o mercado cresce 8% ao ano e movimenta R$ 1 bilhão em negócios.

O parlamentar acredita que, no Brasil, existam mais de 45 milhões de evangélicos. “O segmento está crescendo como nunca. Onde existe a palavra de Deus, há mais paz e harmonia”, defendeu, citando como exemplo a recente inauguração de uma igreja em um presídio em Caruaru, no Agreste. “Os diretores da unidade prisional dizem que os presos estão mais calmos”, comentou.

Anualmente, são abertos 14 mil templos no País e a expectativa é que, até 2010, mais de 55 milhões de pessoas se convertam, incrementando, ainda mais, os negócios Gospel.

A produção literária é um dos principais carros-chefes, com crescimento de 30% ao ano. São publicados, anualmente, mais de 20 milhões de títulos, sendo seis milhões de Bíblias. De acordo com a matéria, os evangélicos lêem, em média, 7,1 obras por ano. A estimativa é que existam mais de 200 mil igrejas protestantes no País.

(Fonte: FISEPE)

FONTE: www.overbo.com.br

Zé Roberto pode virar pastor evangélico


O meia brasileiro Zé Roberto, do Bayern de Munique, cogita a possibilidade de estudar teologia após abandonar o futebol, para se tornar pastor evangélico.

“Penso em me tornar pastor depois da minha carreira. Descobri que teria que estudar teologia durante quatro anos. Seria algo que realmente me completaria”, disse o brasileiro, de 34 anos, em entrevista publicada hoje pela revista “Sport Bild”.

Zé Roberto tem contrato com o Bayern até o fim desta temporada, e, em princípio, pretendia deixar o clube alemão para jogar mais um ano no Brasil ou em Portugal e depois encerrar a carreira.

No entanto, na entrevista à “Sport Bild”, o ex-jogador de Portuguesa, Flamengo, Santos e da seleção brasileira, deixa aberta a possibilidade de ficar no Bayern, caso seus companheiros peçam e se for “a vontade de Deus”.

“Se toda a equipe me pedir, e Deus também me disser que esta é a decisão correta, então não tenho outra escolha. Ficarei, se essa for a vontade dele”, disse Zé Roberto.

(Fonte: Yahoo! Notícias)

FONTE: www.overbo.com.br